sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

[Das páginas para o cinema] A Série Divergente - Insurgente



A Série Divergente – Insurgente
Elenco: Shailene Woodley, Theo James, Miles Teller, Ansel Elgort, Kate Winslet, Octavia Spencer.
Direção: Robert Schwentke
Nacionalidade: EUA/ Ano: 2015 
A coluna Das páginas para o cinema de hoje continua falando sobre a série Divergente, desta vez tratando do segundo filme, Insurgente. A trama começa exatamente onde o primeiro filme terminou e, por isso, recomendo que não continue a leitura deste texto sem ter visto o filme anterior ou lido o primeiro livro da série Divergente.
Neste segundo filme, Tris, Quatro, Caleb e Peter são procurados por Jeanine Matthews e encontram abrigo com os membros da facção Amizade. No entanto, eles acabam sendo encontrados por membros da Audácia e da Erudição e têm que fugir do local, com exceção de Peter, que decide ajudar Jeanine. Os três seguem, então, uma jornada tentando descobrir o que a família de Tris estava tentando proteger quando sacrificaram suas vidas.
Além de todos os perigos e ameaças que enfrenta, Tris ainda precisa lidar com conflitos internos, incluindo a culpa que sente pela morte de pessoas queridas. Apesar de contar com o apoio de seu namorado, Tris não consegue se perdoar e tem medo de causar a morte de mais pessoas.
Um dos aspectos que mais gostei neste filme foi a evolução dos personagens, com destaque para a atuação de Shailene Woodley, como a Tris. Desde o primeiro filme, o carisma da atriz foi fundamental para conquistar a simpatia do público para a protagonista. Em Insurgente, ela vai além e consegue transmitir toda a angústia vivida por Tris, o que é essencial para que as escolhas da mesma ao longo da história sejam compreendidas.
Este filme ganha também em ação. A tensão a que os personagens estão submetidos é mais palpável em Insurgente, pois eles são constantemente perseguidos pelos membros da Erudição e da Audácia. Com isso, a história deste longa é muito mais dinâmica e conta com várias sequências de ação.
De modo geral, gostei muito do filme, mas acho que ele não funciona bem para quem não leu o livro. Alguns aspectos importantes da história são omitidos e algumas partes são desenvolvidas muito rapidamente, deixando o espectador que não é familiarizado com a história um pouco confuso. Além disso, muitos personagens novos aparecem em participações muito pequenas e que, acredito, o roteiro poderia ter explorado melhor. Em especial, esperava um destaque maior para a personagem de Octavia Spencer, como Johanna, a líder da Amizade.
Apesar dos problemas, ainda gosto deste filme e espero que os possíveis questionamentos gerados por ele sejam resolvidos em suas continuações. Inclusive, o próximo filme da série, Convergente, tem lançamento marcado no Brasil para o dia 10 de março. 
Trailer A Série Divergente - Insurgente:
Trailer A Série Divergente - Convergente:

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2013 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal