[Dica da Malu] Confesse

Sinopse: “Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.”Autora: Colleen Hoover / Editora: Galera Record / Páginas: 320 / Skoob / Comprar: Amazon * Livro recebido de parceria com a editora

Quem me acompanha aqui no blog sabe que, desde que tive contato com a escrita da Colleen Hoover, foi amor à primeira vista ou, no caso, amor à primeira leitura. Se você já leu qualquer livro da autora, sabe que ela tem o dom de envolver o leitor de uma maneira que ele vivencia todas as emoções junto com os personagens, sofrendo com e por eles. Por esse motivo, vocês já podem imaginar que a minha expectativa para ler Confesse, lançado no Brasil esse ano pela Galera Record, era muito alta.
Vou te amar para sempre. Mesmo quando eu não puder mais.
Nesse livro, somos apresentados a Auburn, uma jovem que perdeu tudo aquilo que mais amava, mas luta para construir sua vida. No início, não fica claro o que aconteceu com ela, mas sabemos que ela precisa desesperadamente de dinheiro para pagar um advogado. A oportunidade surge quando, por um acaso, ela descobre uma vaga de emprego em uma galeria de arte.
É quando Auburn conhece Owen, o dono da galeria. A beleza e o carisma dele fazem com que, pela primeira vez em muito tempo, ela se sinta atraída por alguém. No entanto, os dois escondem segredos, e os dele podem destruir a única chance que ela tem para reconstruir sua vida. 


A primeira coisa que preciso destacar nesse livro é a capacidade que a Colleen Hoover tem de despertar a empatia do leitor. Mesmo sem conhecer os personagens, eu já estava chorando logo no prólogo, comovida pela situação que alguns deles estavam vivendo. E, por mais que o livro não siga tão dramático nos capítulos seguintes, a autora consegue fazer com que, desde o início, o leitor se importe com os personagens e se preocupe com o destino deles.
Aliás, para mim, o grande mérito de Confesse é o quanto os personagens principais são reais e humanos. Mesmo quando não sabemos ao certo os segredos que eles escondem, há uma naturalidade tão grande nos seus diálogos e no modo como eles se comportam, que isso os torna mais próximos do leitor, conquistando sua empatia.
Outro aspecto que gostei bastante é como Colleen Hoover soube conduzir a trama. Mesmo quando não tinha noção da carga dramática dos personagens, eu me senti envolvida tanto pelo carisma deles quanto pela curiosidade de saber o que eles escondiam. Além disso, o desenvolvimento da história é tão leve que não senti a leitura passar. No entanto, da metade para frente, os segredos começam a ser revelados e a trama se torna mais tensa. Assim, Colleen foi hábil ao manter a curiosidade do leitor e saber o momento exato de revelar cada fato que os personagens escondiam, de modo a surpreender, mas também conquistar a empatia do leitor.

E o que dizer dos personagens? A Auburn é uma das protagonistas mais carismáticas e humanas que já tive a oportunidade de ler. Ela teve sua vida destruída de várias maneiras e, mesmo sendo muito jovem, teve a força de vontade e a perseverança de seguir em frente. Claro que isso não a isentar de cometer erros e ser egoísta em alguns momentos, mas acho que o fato de não ser uma mocinha perfeita a aproxima ainda mais do leitor. Além disso, mesmo com toda a carga dramática que carrega, ela é uma personagem leve e, até mesmo, divertida.
Já o Owen é o meu mais recente crush literário. Eu demorei mais a entender os problemas dele do que os da Auburn, mas, quando eu entendi, senti meu coração ficar apertado por ele. Assim como Auburn, ele passa por situações muito reais e que o tornam mais humano aos olhos de quem lê. Além disso, ele é carismático, charmoso e com um senso de humor refinado e apaixonante.
Os personagens secundários não ganham tanto destaque, mas contribuem significativamente para a construção da trama. Entre eles, se destacam Lydia, Emory e Trey. A minha favorita é, sem dúvida, a Emory. Ela é divertida e, algumas vezes inconveniente, mas também é uma amiga leal para Auburn e que me surpreendeu em alguns momentos da leitura. Já a Lydia e o Trey estão entre os personagens mais detestáveis que eu já li. No entanto, preciso destacar que, por mais odiosas que fossem as atitudes dos dois, ainda são personagens muito humanos e complexos.
Não preciso nem dizer que a escrita da Colleen Hoover continua extremamente envolvente e que me afeiçoei aos protagonistas quase que imediatamente. A trama se desenvolve de uma maneira dinâmica, mas sem prejudicar o desenvolvimento do romance ou a construção dos personagens. Além disso, gostei muito do fato de que ela alterna a narração entre a Auburn e o Owen. Isso contribui muito para que o leitor possa entender melhor a perspectiva dos dois protagonistas e se apegue mais a eles.

Com relação à edição, achei que a Galera Record foi impecável. A capa original foi mantida, o que considero um acerto, as páginas são amareladas e as letras estão com um bom tamanho para leitura. Além disso, o livro contém algumas ilustrações lindíssimas no final que dão ainda mais sentido para alguns momentos do livro.
Por fim, só posso dizer sobre Confesse é que mais uma vez Colleen Hoover acertou na construção dos personagens e da trama. Mais uma vez ela conseguiu me fazer sofrer, sorrir, me apaixonar e, também, me desesperar junto com seus personagens. Trata-se de uma leitura envolvente e que chega a ser angustiante, em alguns momentos, de tão real. Recomendo este livro para quem procura um new adult romântico, mas com situações muito reais e personagens humanos e complexos. No entanto, já aviso que lenços podem ser necessários ao longo da leitura.
E vocês, já leram Confesse ou algum outro livro da Colleen Hoover? Me contem o que acharam aí nos comentários. Vou adorar saber a opinião de vocês! Só peço para tomarem cuidado com os spoilers, para não prejudicar a experiência de quem ainda não leu.

Apaixonada por literatura desde pequena, nunca consegui ficar muito tempo sem um livro na mão. Assim, o Dicas de Malu é o espaço onde compartilho um pouco desse meu amor pelo mundo literário.




Facebook

Busca

Instagram

Twitter

Editoras Parceiras

Seguidores

Arquivos

Newsletter

Populares

Tecnologia do Blogger.