Balanço de 2020 e as metas para 2021

1 de jan. de 2021

 


Olá, pessoal! Feliz Ano Novo para todos vocês! Que 2021 seja um ano com mais paz, saúde, alegria, empatia e, claro, muitas leituras maravilhosas. Eu já comecei o ano com vários planos em mente e muitas metas, mas antes de tudo quero falar sobre as leituras de 2020.

Então, chegou a hora de fazer o balanço do ano que passou, com as surpresas, as decepções e os livros que garantiram um lugar entre os meus queridinhos da vida. Em 2020, eu li 113 livros e, para falar sobre os que mais se destacaram, vou responder às mesmas categorias que venho respondendo nos últimos anos:

 



O melhor livro:

Nessa categoria tem um vencedor indiscutível, que nenhum outro livro se aproximou para mim: Os sete maridos de Evelyn Hugo, da Taylor Jenkins Reid. Se preparem, que ele vai aparecer muito nas minhas respostas aqui. Mas como também li outros livros incríveis, resolvi fazer um top 10 para essa categoria.

Os sete maridos de Evelyn Hugo, da Taylor Jenkins Reid (resenha aqui)

Daisy Jones and The Six, da Taylor Jenkins Reid (resenha aqui)

Corrente de Ouro, da Cassandra Clare (resenha em breve)

Um assassino nos portões, da Sabaa Tahir (resenha aqui)

Um beijo e nada mais, da Mary Balogh

Chasing Cassandra, da Lisa Kleypas

Teto para dois, da Beth O’Leary

A Rainha do Nada, da Holly Black (resenha aqui)

Meia-noite, Evelyn!, da Babi A. Sette (resenha aqui)

Amor(es) verdadeiro(s), da Taylor Jenkins Reid (resenha aqui)

 

O pior livro:

Aqui, infelizmente, também foi difícil escolher. Levei alguns tombos com leituras no ano que passou, mas dois livros se destacaram como os piores para mim. Como vou citar um deles em uma das próximas categorias, aqui vou responder só um: A prometida, da Kiera Cass. A premissa era até boa, mas, para mim, foi desperdiçada em um enredo mal desenvolvido, personagens rasos e um universo mal construído. 



A maior surpresa:

Felizmente, em 2020 também tive muitas surpresas também. Então, acabei escolhendo três que me marcaram mais. Dois deles já apareceram na minha lista de favoritos do ano, mas vou citar aqui novamente porque foram leituras que eu não esperava nada e acabaram se tornando queridinhos da vida:

Teto para dois, da Beth O’ Leary

Daisy Jones and The Six, da Taylor Jenkins Reid

Dez dates surpresa, da Ashley Elston

 

A pior decepção:

Aqui acabou entrando um livro que poderia estar na categoria de pior do ano, mas acabei colocando nessa categoria porque eu nunca esperava detestar tanto. Estou falando de A caminho do altar, da Julia Quinn. De um modo geral, eu considero a série Os Bridgertons bem inconstante, mas o ranço que senti lendo esse livro é algo que eu realmente nunca imaginei.

 

O livro que mais me fez chorar:

Eu disse que Os sete maridos de Evelyn Hugo iria aparecer muito por aqui né? Pois é, esse livro teve momentos que realmente me destruíram e chorei como há muito tempo não chorava com uma leitura. Mas vou fazer uma menção honrosa para Um beijo e nada mais, da Mary Balogh, que também me emocionou muito e me fez chorar até quando lembrava de algumas cenas depois de terminar a leitura.

 

O livro que mais me fez rir:

Eu não li muitos livros engraçados em 2020, mas lembro que me diverti bastante e dei muitas risadas com A Pequena Livraria dos Corações Solitários, da Anne Darling, e 10 dates surpresa, da Ashley Elston.

 

Meu personagem favorito:

Eu preciso responder essa pergunta mesmo? Claro que não poderia ser outro personagem que não a fantástica Evelyn Hugo. Ela é uma personagem tão complexa, intensa e fascinante que não teve concorrência para nenhum outro que li em 2020. Mas para não dizer que eu só penso nesse livro, vou fazer uma menção honrosa para a Cordélia de Corrente de Ouro, que, para mim, já é a melhor protagonista do universo criado pela Cassandra Clare. 



O personagem mais irritante:

Aqui tem três que ficaram empatadas, sem nenhuma concorrência para ela. São três personagens que despertaram meu mais profundo ranço, apesar de serem as mocinhas dos seus livros:

Lucy, de A caminho do altar

Hollis, de A Prometida

Eden Tate, de Mr. Romance (aliás, foi por pouco que esse não entrou na briga pelo título de pior do ano)

 

Casal favorito:

Eu amei vários casais esse ano, mas nenhum conseguiu competir com a perfeição de Cassandra Ravenel e Tom Severin de Chasing Cassandra (no Brasil, Pelo amor de Cassandra). Eu li esse livro assim que saiu nos EUA e até hoje não consegui superar o que foi esse casal.

 

O pior casal:

Pelos livros que citei entre os piores até aqui, acho que não preciso nem dizer que tem três casais disputando muito o título de pior do ano. Mas tem mais dois casais que eu também não poderia deixar de citar. Então, lá vem a lista:

Lucy e Gregory, de A caminho do altar

Hollis e o Rei Jamison/ Hollis e o Silas, de A Prometida

Eden e o Max, de Mr. Romance

Haden e Andra, do conto O kilt matrimonial (livro: Quatro amores na Escócia)

Spencer e Charlote de Big Rock

 

O melhor enredo:

Como já deixei claro que Os sete maridos de Evelyn Hugo é o livro mais incrível de 2020, serei justa com outros livros maravilhosos que li. Então, escolhi outros três que têm enredos incríveis e que me surpreenderam de muitas formas:

Corrente de Ouro, da Cassandra Clare

Uma tocha na escuridão, da Sabaa Tahir

Amor(es) verdadeiro(s), da Taylor Jenkins Reid

 

O pior enredo:

Entendendo que A Prometida e A caminho do altar estão entre os piores que já li na vida, para não ficar repetitivo resolvi citar aqui outro que foi uma das maiores decepções que tive em 2020: Big rock, da Lauren Blackely. Para mim, praticamente nada nesse livro funcionou e o enredo foi um dos piores que já li.

 

Agora, concluído o balanço das leituras de 2020, chegou a hora de falar do novo ano que está começando. Preparei algumas metas que são hábitos que quero levar para a minha vida mesmo e outras que são para me ajudar a cumprir alguns objetivos pessoais:

 

- 21 livros para 2021 (vou postar a lista com os livros escolhidos e meu objetivo com ela nos próximos dias)

- Ler 1 clássico por mês

- Ler 1 livro em inglês por mês

- Ler mais livros com representatividade

- Desencalhar livros da estante

 

E tenho também alguns planos aqui para o Dicas de Malu. Quero trazer mais indicações de filmes e séries por aqui, que é algo que estou prometendo há algum tempo, mas em 2021 vem aí mesmo. Também pretendo reler algumas séries que eu amo e estou pensando fazer posts especiais por aqui.

A maior parte desses projetos eu vou apresentando aos poucos, mas o importante é vocês saberem que estou cheia de planos aqui para o blog e quero trazer muito conteúdo aqui para vocês. Espero que continuem me acompanhando por aqui e que 2021 seja um ano muito especial para todos nós.


15 comentários:

  1. Feliz Ano Novo! Quantas leituras boas em 2020, e que 2021 traga novas leituras ainda melhores!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Feliz Ano Novo também e que 2021 traga muitas leituras incríveis.
      Um abraço!

      Excluir
  2. Comprei Corrente de Ouro mas vou ler agora em 2021
    AAAAAAAAAAAAAA
    TENHO EXPECTATIVASSSSSSSSSSSSSS
    Cmoprei o primeiro dos Ravenels para ler também, sera que entro nessa historia também? :D

    Li A Caminho do Altas tambem e Teto para Dois
    Otimas leituras!

    Quero ler mais livros em ingles tambem esse ano, mas ainda não sei quantos kkk ano passado li tres, vamos ver esse ano como vai ser
    Adorei suas metas! Preciso pegar meus classicos pra ler tambem viu kkkkk

    Beijos!
    Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?
      Aaah espero que você ame muito Corrente de Ouro. Eu achei muito incrível, estou ansiosa pela continuação.
      Os Ravenels é a minha série favorita de romances de época, vou torcer para você amar também. Não gostei de A caminho do altar, da Julia Quinn, mas Teto para dois foi uma leitura incrível.
      Muito obrigada! Espero que consiga cumprir suas metas também.
      Beijos!

      Excluir
  3. Feliz 2021 Malu, desejo tudo de bom para você e sua família.
    Eu amo fazer retrospectivas das minhas leituras, vou postar as minhas analises amanhã. Em 2020 muitas pessoas me indicaram a leitura dos livros da Taylor, tanto "Os sete maridos de Evelyn Hugo" como "Daisy Jones and The Six", mas, eu preferi esperar a hype desses dois livros passar antes de me aventurar neles. Eu também realizei leitura impactantes, como Herdeiras do Mar da Mary Lynn Bracht, recomendo que leia se tiver um tempo e estomago forte para as cenas tristes.

    Viviane Almeida
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Viviane! Desejo o mesmo para você e sua família.
      Ah eu sou suspeita para falar dos livros da Taylor, amo muito. Vou torcer para você gostar também quando ler. Vi alguns comentários muito bons sobre Herdeiras do Mar, estou curiosa para ler.
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá tudo bem ?
    Daisy Jones tbm li, gostei bastante.
    Gente, Teto para 2 está na minha lista deste ano, mas já me acendeu um alerta aqui rsrs.
    Desejo um excelente ano para você.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    muitos livros da sua lista também estão na minha, eu adorei ler suas impressões e ver como os gostos podem variar, em muitos eu concordei plenamente em outros temos visões completamente opostas, tipo "A Pequena Livraria dos Corações Solitários", foi uma das piores leituras que já fiz na vida, não consigo me imaginar rindo de nada além da minha cara de desgosto enquanto lia esta história rs. Por outro lado, Os sete maridos de Evelyn Hugo, Daisy Jones and The Six, Um assassino nos portões, entre outros, são histórias que pretendo priorizar este ano.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  6. Oi, Malu!
    Gostei muito de como você fez o post de final do ano. Ficou bem completo e deu para indicar diferentes livros.
    Não é possível que ninguém tenha se decepcionado com Os Sete Maridos de Evelyn Hugo... Todo mundo só fala bem dele. Não tem jeito, vou ter que ler. A mesma coisa acontece com Daisy Jones & The Six. Inclusive, é o primeiro da autora que vou ler. Só não sei ainda quando...
    Outro livro que só falam bem é Teto Para Dois. Novamente vou ter que ler ele o quanto antes.
    Sobre a Kiera Cass, já faz um tempo que desisti dos livros dela, mas é impressionante como A Prometida dividiu opiniões.
    Adorei o seu post!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2020/12/melhores-leituras-de-2020.html

    ResponderExcluir
  7. Eu também desejo fazer duas metas que estipulou: ler livros em Inglês e desencalhar as obras que estão há muito tempo na minha estante. Gostei de ver que 2020 foi bem produtivo para você. Que 2021 seja mais ainda.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Adorei o seu balanço de 2020, e que 2021 seja recheado de maravilhosas leituras e consiga cumprir suas metas. Também tive problemas com a leitura de A Prometida, sendo uma das piores do ano passado, mas no geral até que tudo foi bom. Amei a postagem, e obviamente peguei algumas dicas que não conhecia hehe
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi oi querida,
    Amei o post. Ainda não li Os Setes Maridos de Evelyn Hugo e nem Teto para dois, mas com toda certeza vai ser a minha primeira leitura de 2021. Eu parei de ler Julia quinn, mas pretendo voltar e vou ler esse que você não gostou pra ter uma opinião sobre. E sobre Mr.Romance eu AMO ESSE LIVRO, TENHO ELE NA ESTANTE E NINGUÉM TOCA NA MINHA DUOLOGIA FAVORITA.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  10. Oi Malu!
    O ano de 2020 foi bom para você teve ótimas leituras, parabéns!
    Tem alguns livros que citou que li, mas a maioria não, então não tenho como rebater com isso, mas suas sugestões de leituras anotei todas kkk. Adorei seu post, posso copiar? kkk
    Obrigado pelas dicas, bjs!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Malu!
    Gostei das suas avaliações! Entendo não gostar tanto do livro do Gregory, por muito tempo ele foi meu queridinho, mas depois que reli... Affe... Mas o livro que menos gosto ainda é o da Francesca! rsrs Vou anotar alguns livros mencionados aí para eu ler!
    Eu fiz uma TBR mensal, apenas para não passar em branco... Mas confesso que estou falhando terrivelmente agora em janeiro. rsrs
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?

    Adorei o post e os livros que você citou. Eu não fiz um balanço assim das leituras de 2020, mas, sem dúvidas, a melhor foi "A cantiga dos pássaros e das serpentes".

    Abraços!
    www.juristageek.com

    ResponderExcluir