[Resenha] Escola de Contos Eróticos para Viúvas

18 de ago. de 2021

 


Um dos motivos porque sempre amei ler é poder viajar através dos livros. Por esse motivo, sempre adorei leituras que me permitissem conhecer outros lugares e culturas, e ver o mundo por uma perspectiva diferente. Portanto, não é surpresa que eu tenha me interessado por Escola de Contos Eróticos Para Viúvas, da autora Balli Kaur Jaswal, desde que soube do seu lançamento.

Esse livro, além de um título sensacional, tem uma premissa que me atraiu muito, especialmente por mostrar a cultura sikh e a vida de imigrantes indianos na Inglaterra. Outro motivo foi ele ter sido escolhido para o clube do livro da Reese Whiterspoon (se não conhece o projeto ainda, pode conferir o perfil aqui). Ou seja, foi impossível não ficar curiosa para ler.

Então, nessa resenha vou contar para vocês um pouco sobre o livro e o que achei da leitura.

 

Autora: Balli Kaur Jaswal

Editora: Essência

Tradução: Flavia Souto Maior

Páginas: 304

Onde comprar: Amazon | Submarino

Amazon: “Nikki, filha de imigrantes indianos, passou a maior parte de seus vinte e tantos anos distanciando-se da tradicional comunidade sikh em que nasceu, preferindo uma vida mais independente e, em outras palavras, ocidental. No entanto, após a morte repentina de seu pai, sua família acaba ficando com problemas financeiros. Sentindo-se na obrigação de ajudar a mãe e a irmã, Nikki encontra a oportunidade perfeita de um trabalho extra: dar aulas de escrita criativa em um centro comunitário no coração da comunidade punjabi, em Londres. Quando chega lá, percebe que as viúvas sikh que serão suas alunas precisam primeiro aprender inglês para escrever pequenas cartas e ler placas... e não contos literários. Frustrada, Nikki duvida que seja apta a essa tarefa. Porém, ao notar uma das mulheres compartilhando um livro de contos eróticos com a turma, Nikki percebe que, por baixo de suas vestimentas brancas, suas alunas escondem uma enorme riqueza de fantasias e memórias. Logo, Nikki e as viúvas embarcam em uma jornada juntas, contando e escrevendo essas histórias que estavam guardadas dentro delas.”

 

Nikka é uma jovem inglesa, filha de pais indianos, que tenta ao máximo se distanciar das tradições da comunidade sikh em que nasceu. Ela quer ser independente e não aceita às limitações impostas às mulheres da comunidade. Mas, após a morte repentina de seu pai, a situação financeira de sua família piora e Nikki precisa encontrar uma forma de ajudar a mãe e a irmã.

E a oportunidade surge quando ela se depara com uma vaga para dar aulas de escrita criativa em um centro na comunidade punjab em Londres. Parecia perfeito, até Nikki descobrir que primeiro precisará ensinar as viúvas sikh a ensinar a escrever em inglês. No entanto, quando ela encontra uma das alunas compartilhando um livro de contos eróticos com as colegas, percebe que aquelas viúvas ainda guardavam diversas memórias e fantasias que mereciam ser contadas.





Escola de Contos Eróticos para Viúvas foi meu primeiro contato com a escrita da Balli Kaur Jaswal e foi uma ótima surpresa. Eu me vi rapidamente envolvida na leitura e amei a forma direta como a autora escreve. O livro conta com muitos diálogos e sem descrições excessivas, o que dá mais dinamismo à trama.

Além disso, achei muito interessante como a autora apresentou a cultura indiana e o papel das mulheres dentro da comunidade sikh. Ela trabalha muito bem os conflitos da protagonista por fazer parte de uma família indiana e, ao mesmo tempo, tentar se encaixar na vida em Londres. E, ao longo do livro, vamos entendo melhor as dificuldades enfrentadas por muitos imigrantes e as diferenças em relação ao estilo de vida que encontram no Ocidente.

No entanto, preciso confessar que a Nikki é uma personagem que não me cativou. Em muitos momentos ela se mostra egoísta e imatura, o que me irritou bastante. Por outro lado, o que faltou de carisma nela, sobrou nas viúvas a quem ela ensina. Elas são simplesmente maravilhosas e mostram que, independentemente da idade, ainda tinham muitos sonhos e fantasias a compartilhar. Eu já me apeguei logo no primeiro momento em que elas apareceram e isso só aumentou ao longo da leitura.

De um modo geral, Escola de Contos Eróticos para Viúvas é uma leitura leve e cativante, mas com reflexões muito importantes. Trata-se de um livro sobre a cultura indiana e a vida de imigrantes, mas também sobre família, amizade e crescimento pessoal. Mas, mais do que tudo, é um livro sobre mulheres se empoderando, libertando seus sonhos e vontades, e descobrindo que juntas são muito mais fortes.


2 comentários:

  1. Oi Malu!!

    Lembro de quando eu soube do lançamento desse livro, eu fiquei tão interessado na leitura dele, mas, acabei esquecendo de adicionar ele aos livros que quero ler, que felicidade foi encontrar a resenha dele aqui em seu blog e ainda mais uma resenha positiva, ainda que a protagonista seja meio chatinha, acredito que esse livro com toda certeza vale a leitura!!

    Beijos!
    Eita Já Li

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Lembro que quando foi anunciado esse título, sabia que seria uma leitura muito mais abrangente do que o título conduz. E é isso que me motiva a tentar a história, porquanto da sua representação cultura, representação do feminismo e vários outros tópicos menores. Sua resenha me deixou ainda curiosa, mesmo com a ressalva da protagonista. Não vejo a hora de ler!
    Beijos

    ResponderExcluir