segunda-feira, 7 de agosto de 2017

[Dica da Malu] Um tom mais escuro de magia

Sinopse: “Entre em um universo de aventuras audaciosas, poder eletrizante e Londres múltiplas. Kell é um dos últimos Viajantes — magos com uma habilidade rara e cobiçada de viajar entre universos paralelos conectados por uma cidade mágica. Existe a Londres Cinza, suja e enfadonha, sem magia alguma e com um rei louco — George III. A Londres Vermelha, onde vida e magia são reverenciadas, e onde Kell foi criado ao lado de Rhy Maresh, o boêmio herdeiro de um império próspero. A Londres Branca: um lugar onde se luta para controlar a magia, e onde a magia reage, drenando a cidade até os ossos. E era uma vez... a Londres Negra. Mas ninguém mais fala sobre ela. Oficialmente, Kell é o Viajante Vermelho, embaixador do império Maresh, encarregado das correspondências mensais entre a realeza de cada Londres. Extra-oficialmente, Kell é um contrabandista, atendendo pessoas dispostas a pagar por mínimos vislumbres de um mundo que nunca verão. É um hobby desafiador com consequências perigosas que Kell agora conhecerá de perto. Fugindo para a Londres Cinza, Kell esbarra com Delilah Bard, uma ladra com grandes aspirações. Primeiro ela o assalta, depois o salva de um inimigo mortal e finalmente obriga Kell a levá-la para outro mundo a fim de experimentar uma aventura de verdade. Magia perigosa está à solta e a traição espreita em cada esquina. Para salvar todos os mundos, Kell e Lila primeiro precisam permanecer vivos.” - Autora: V. E. Schwab / Editora: Record / Páginas: 420 / Comprar: AmazonLivro cedido pela Editora Record

Sabe quando você tem expectativas altas para um livro e ele consegue ultrapassar todas elas? Eu sei que é raro, mas aconteceu comigo e o nome do livro é “Um tom mais escuro de magia”, da V. E. Schwab (ou Victoria Schwab). Eu terminei a leitura desse livro recentemente e só conseguia pensar uma coisa: que livro MARAVILHOSO!
Mas antes de começar a falar sobre os motivos que me levaram a amar tanto esse livro (não se preocupem que não haverá spoiler em nenhum momento), vou apresentar o enredo para vocês. Em Um tom mais escuro de magia, descobrimos quatro dimensões de Londres, a Cinza, a Vermelha, a Branca e a Preta. Quando a Londres Preta sucumbiu à maldade, as outras três se fecharam e praticamente todo o contato entre elas foi interrompido.

“Então, Kell, inspirado pela cidade perdida conhecida por todos como Londres Preta, designara uma cor para cada capital remanescente. Cinza para a cidade sem magia. Vermelho para o império vigoroso. Branco para um mundo faminto.”

Apenas os antari, ou Viajantes, tinham a habilidade de viajar entre as diferentes dimensões de Londres. Kell é um dos últimos antari e serve à família real da Londres Vermelha, levando suas mensagens aos governantes da Londres Cinza e da Londres Branca. No entanto, além de seus serviços oficiais, Kell também age secretamente como contrabandista, negociando relíquias das diferentes Londres.
No entanto, esse passatempo perigoso de Kell vai render consequências que ele jamais poderia imaginar e, quando tenta concertar seu erro, seu caminho acaba encontrando o de Delila Bard. Habitante da Londres Cinza, Delila, que prefere ser chamada de Lila, é uma ladra esperta e sonha em fugir dali para viver uma grande aventura. Sua oportunidade aparece quando ela esbarra em Kell e rouba algo dele, mas depois o reencontra e salva sua vida. Juntos, eles acabam se envolvendo em uma perigosa aventura, cheia de mistérios e reviravoltas.

Tudo que falei até agora trata-se apenas da sinopse do livro e não dá para ter a menor noção do que é de fato essa história, porque é tudo maior e muito mais complexo do que se possa supor à princípio. E é aí que reside um dos grandes méritos do livro: a leitura se torna mais instigante à cada página devido às revelações que são feitas ao longo da história e à evolução dos personagens, fatores que contribuem para aumentar a complexidade do enredo.
E o que dizer dos personagens desse livro? São todos bem construídos pela autora, que consegue habilmente evitar clichês e estereótipos como mocinhos perfeitos, heroínas em perigo ou vilões desprezíveis. Em todos eles, é possível identificar conflitos entre o bem e o mal, o certo e o errado; e mesmo naqueles em que a maldade predomina completamente neles, há sempre algo que os torna assustadoramente humanos.

“Kell sempre se pegava falando com a magia. Não comandando, mas simplesmente conversando. A magia era algo vivo, isso todos sabiam. Mas ele sentia algo mais, como se ela fosse uma amiga, alguém da família”.

Falando especificamente dos dois protagonistas, não sei dizer qual dos dois eu gostei mais. O Kell encanta logo nas primeiras páginas por ser um personagem bom, altruísta, determinado e carismático, mas, aos poucos, percebemos que ele não é perfeito. Aliás, Kell comete erros graves e carrega dentro dele, como qualquer ser humano, o conflito entre o bem e o mal. No entanto, mesmo com suas fraquezas, em nenhum momento duvidamos do carácter de Kell. Afinal, pessoas boas também erram.
Já a Lila é provavelmente uma das personagens femininas mais fortes e inspiradoras que eu já li. Para começar, ela é esperta, corajosa e independente, dona de um humor afiado e uma personalidade muito forte. Apesar do caminho que escolheu não ser o mais digno, é impossível não admirar a sua força e capacidade de superação. Além disso, Lila não ficou se lamentando por ter sofrido na vida ou sonhando com um príncipe encantado para tirá-la dessa vida. Ela não perdeu sua capacidade de sonhar e quer vencer por si mesma, sem depender da boa-vontade de ninguém.

“E ali, pela primeira vez, Kell viu Lila. Não como ela queria ser vista, mas como ela era. Uma menina assustada apesar de esperta, tentando desesperadamente permanecer viva. Uma menina que provavelmente passara frio e fome e lutara, que quase certamente matara, para se agarrar a uma ilusão de vida, protegendo-a como uma vela na ventania.”

Destaco ainda que a autora soube evitar um problema que tem sido recorrente em livros de fantasia: romances que tiram o foco do enredo principal. Não vou dizer que eu não tenha sentido uma química entre alguns personagens ou que não torça para um casal, porque estaria mentindo. Mas isso nunca fica claro no livro, e a trama dinâmica e cheia de reviravoltas não abre espaço para que isso se torne o foco da história.
E como não mencionar a escrita incrível de V. E. Schwab? Ela escreve de uma maneira leve e envolvente, que quando você percebe já está completamente mergulhada na leitura. O universo que ela criou é rico, mágico e complexo, encantando por sua grandeza, em alguns momentos, mas chocando por sua brutalidade em outros. Além disso, mesmo se tratando de uma fantasia, temas recorrentes na nossa sociedade, como desigualdade, disputas de poder, miséria, ambição e conflito entre bem e mal, são bem trabalhados pela autora ao longo do livro.

Por fim, só me resta dizer que eu lamento não ter lido esse livro antes, pois já entrou para minha lista de favoritos. Fiquei completamente apaixonada por esta leitura e estou mais do que ansiosa para ler o segundo volume da série, Um encontro de sombras, que será lançado agora em agosto.
E, se você ainda não se convenceu a ler Um tom mais escuro de magia, aqui vai mais um incentivo: V. E. Schwab foi confirmada na Bienal do Rio desse ano. Então, se você ainda não leu essa obra incrível, vale a pena começar agora e se encantar com a escrita maravilhosa da autora.

17 comentários:

  1. Ah que maravilha quando lemos um livro e ele supera todas as nossas expectativas, fiquei muito feliz por ti que tenhas gostado, faz tanto tempo que não leio um livro que viaje por entre os outros mundos que este conseguiu até me conquistar, gostei de ver que a edição está tão linda e mais ainda de saber tua opinião, que gostou, dica anotada Malu.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Estou loucaaaa pra ler esse livro, primeiro fiquei atraída pela capa e a premissa me fisgou. sua resenha me deixou aflita pra poder lê-lo logo <3

    ResponderExcluir
  3. Uma boa premissa, história que supera expectativas e personagens bem construídos? Já quero ler.
    Não conhecia a obra, mas fiquei bastante curiosa. Adoro fantasia, e essa parecer ser das melhores.
    Gostei muito da resenha e dos pontos que você ressaltou.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. A capa do livro encantada, Kell com certeza é um personagem que deixa o coração da gente fez.
    A história é diferente e divertida de acompanhar.
    É bom demais quando lemos um livro que supera nossas expectativas, a gente termina ele com sensação de dever cumprido!
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Então Maria, eu tenho esse livro aqui e está na meta dos livros que quero ler em Agosto, sei que a Record vai lançar o segundo volume na Bienal e a capa por sinal está linda. Fico feliz que tenha gostado da leitura!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Muito bom quando o livro supera as expectativas assim, e que capa linda! Sou muito apaixonada por capas assim...Vou esperar os comentários do segundo livro, para ver se me conquista, por enquanto ainda estou em dúvida, bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi!!
    É primeira resenha que leio desse livro e fiquei bastante tentada a procurar o livro, gosto de tramas que envolvem magia e pelo visto esse livro é surpreendente.
    Gostei de saber que romance não é o foco principal, eu também não gosto quando o romance fica mais evidente que a fantasia em si.
    Adorei a tua resenha, me deixou bem curiosa e com muita vontade de conhecer a trama e os personagens.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Pelo visto é daqueles livros que pegamos e não queremos largar. Bom saber que a autora não perdeu o foco inicial do enredo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. oIe
    parece ser uma leitura muito interessante e diferente do que leio mas ainda assim bem legal. Gostei da dica e tudo mais, espero poder ter oportunidade de ler em breve

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Essa é minha leitura atual, estou bem no comecinho, mas já estou gostando bastante! Também iniciei a leitura cheia de expectativas e espero supri-las, assim como você. Gostei de saber que a autora não deixa o romance roubar o foco da história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Eu amo Um Tom Mais Escuro de Magia! Eu também li com baixa expectativas e fui surpreendida! Concordo com tudo que disse, esse livro é maravilhoso e eu queria que a hype dele fosse maior haha

    ResponderExcluir
  12. que legal que você apreciou demais o livro...
    bom saber que ele foge do clichÊ e não perde o foco da trama por causa de romance...
    ando evitando séries há um bom tempo,se não fosse isso colocava na fila de leituras...
    bjs...

    ResponderExcluir
  13. Ola
    Finalizei essa leitura há pouco tempo e fiquei bem animada, bem mais do que esperava. De qualquer maneira, sou suspeita ao comentar porque amo o gênero e esse título foi bem desenvolvido na minha opiniao. Adorei poder conferir suas impressões a respeito e fico feliz que tenha curtido tanto, assim como eu.
    Beijos
    F

    ResponderExcluir
  14. Que legal!!!
    E que bom que vamos ter uma oportunidade mesmo para ler ele,Eu com certeza vou procurar sobre ele eu adorei este livro tanto ele quando o conteúdo quanto a capa dele,É TUDO ÓTIMO,Nunca tinha visto ele antes *-*

    ResponderExcluir
  15. Oi! Fico feliz que o livro tenha superado suas expectativas. Eu adorei a premissa, e parece ser uma leitura bem diferente e criativa. Concordo que é um grande problema quando há um romance em história de fantasia e desvia o foco do tema principal. Não consigo nem curtir muito, mas como não é o caso dessa obra, mal posso esperar pra ler.

    ResponderExcluir
  16. Oii
    Eu também amei esse livro! Gostei muito como a autora separou as quatro Londres. Kell é meu crush! Também estou bem ansiosa pelo segundo volume!
    Bjus

    ResponderExcluir
  17. Premissa massa, hein! Estou lascada se for comprar tudo que tem me agradado ultimamente. Muito legal o post, vou procurar saber mais. Beijos.

    Carolina Gama

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal