quarta-feira, 8 de novembro de 2017

[Dica da Malu] Trono de Vidro 5: Império de Tempestades (Tomo 1 e 2)

Sinopse: “A história de Aelin Galathynius, sempre repleta de ação, intriga e cenas de luta inesquecíveis, continua neste quinto e penúltimo volume. Antes de serem traídos pelo atual rei, os Galathynius reinaram em Terrasen por séculos. E agora Aelin deseja recuperar a coroa e voltar a seu trono de direito... Mas o caminho até lá é longo e sinuoso. Amigos serão perdidos, lealdades serão quebradas e alianças inesperadas surgirão. Com a vida e poder jurados ao povo que está determinada a salvar, a antiga assassina, conhecida como Celaena Sardothien, colocará a própria segurança em risco para proteger os seus. Mas a única salvação está numa relíquia enterrada nas ruínas de um velho pântano.”Autora: Sarah J. Maas / Editora: Galera Record / Páginas: Tomo 1 - 354 e Tomo 2 - 322 / Skoob / Comprar: Tomo 1 e Tomo 2

Aviso! Essa resenha não contém spoiler de nenhum dos tomos de Império de Tempestades, porém, pode conter informações importantes sobre os quatro livros anteriores da série.

Quando eu pensava que a Sarah J. Maas já tinha me surpreendido o suficiente com a série Trono de Vidro, ela sempre me mostra que ainda pode se superar muito. Após os acontecimentos marcantes de Rainha das Sombras, a autora não perdeu o ritmo acelerado e trouxe mais uma trama repleta de ação, mistério e muitas reviravoltas.
Em Império de Tempestades, o leitor verá Aelin tentando retomar seu trono e se preparando para a guerra contra Erawan. Com a ajuda de Rowan, Lysandra e Aedion, ela segue para Terrasen, retornando para o seu lar após 10 anos. No entanto, ela descobre que recuperar sua coroa não será simples e que antes precisará conquistar a confiança dos lordes que cuidaram de seu país durante sua ausência. Para isso, ela parte em busca de aliados que a ajudem na guerra que se aproxima.
Enquanto isso, Dorian tenta manter o seu trono em Adarlan e superar o horror de tudo que fez e viu enquanto esteve sob o domínio do príncipe valg. Por outro lado, Manon Bico Negro se mostra cada vez mais incomodada com o caminho que a Matriarca está escolhendo para as bruxas e a cada página em que aparece vemos o seu amadurecimento e o quanto ela é muito mais do que uma arma controlada pela avó.


Um dos primeiros pontos que destaco nesse livro é o quanto ele destaca a inteligência da protagonista (e, obviamente, da autora que a escreve). Por se tratar de um livro no qual os personagens estão se preparando para uma batalha épica, é claro que há muita estratégia envolvida. A todo momento, acompanhamos conspirações, planos e alianças se formando, e é impressionante como Aelin sempre consegue surpreender com suas maquinações, demonstrando o quanto é observadora e astuta e que é uma estrategista ainda melhor do que imaginávamos nos livros anteriores.
Aliás, não é só a inteligência de Aelin que surpreende. O poder dela é incrível e muito maior do que eu imaginava. A cada batalha em que ela usa o fogo contra seus inimigos eu ficava mais assombrada com a sua força. Além disso, achei interessante a forma como a autora foi apresentando essas habilidades aos poucos, à medida que a própria Aelin ia se descobrindo e aprendendo a controlar seu poder, de modo a não o usar de maneira irresponsável ou levar ao próprio esgotamento.
Outro ponto que gostei muito é a maior participação dos feéricos. Rowan segue sendo maravilhoso; um guerreiro extremamente habilidoso, forte, protetor e leal. No entanto, também conhecemos mais sobre outros que um dia integraram sua equipe: Gavriel, Fenrys e Lorchan. Os três já haviam aparecido antes e Lorchan teve um papel importante em Rainha das Sombras, porém, nesse quinto volume os três ganham mais destaque e contribuíram positivamente para o livro. Preciso dizer ainda que, apesar de tê-lo odiado no livro anterior, Lorchan foi um dos personagens que mais gostei em Império de Tempestades, pois aqui vemos um outro lado dele e percebemos uma personalidade dual que não era visível antes e que o tornou muito mais interessante.
Sei que algumas pessoas reclamaram dos casais que foram formados ao longo do livro, mas, para mim, todos foram convincentes e conquistaram minha torcida. Apesar de serem um pouquinho previsíveis, achei que os motivos que levaram cada um desses pares a se aproximarem foram sinceros e coerentes e que se desenvolveram em relações muito bonitas.
No entanto, concordo com uma crítica que tem sido frequente sobre o livro: os excessos na relação de Aelin e Rowan. Não me levem a mal, eu amo o casal e, mesmo tendo torcido muito para ela ficar com o Chaol até meados do quarto livro, hoje já me conformei e sou #TeamRowan. Porém, a autora não precisava colocar tantas cenas românticas entre eles, algumas em momentos totalmente inapropriados. Não é algo que chegue a tirar o ritmo da trama, mas me causava um certo desconforto ver em momentos em que estavam traçando estratégias ou se preparando para algum ataque, Aelin e Rowan ficarem trocando insinuações e palavras sensuais. Cadê o senso de prioridade, migos?

Com relação aos personagens, eles não vivem só de romance e, de um modo geral, gostei do arco de todos eles ao longo do livro. Aelin continua me surpreendendo e conquistando minha admiração e respeito. Porém, Manon e Lysandra são, sem dúvida, as que têm trajetórias pessoais mais interessantes e se fortalecem muito. Como falei, os feéricos, Lorcan em especial, também ganharam espaço e todos eles me conquistaram de alguma forma. Já a jovem Elide foi uma grande surpresa e acho que tem tudo para se desenvolver ainda mais na continuação.
O único que destoou um pouco foi o Dorian. Não por ter se tornado chato ou ter me decepcionado de alguma forma, mas por não ter recebido muito destaque. Ele tem tantos conflitos internos e traumas do passado, mas a autora, apesar de não ter fingido que eles não existiam, também não deu muito espaço para que isso fosse trabalhado ao longo do livro. Achei que foi um desperdício um personagem tão interessante e complexo, que tinha tanto a contribuir, ficar de lado aguardando as ordens dos outros. Ele é rei de Adarlan, mas em vários momentos esquecemos que ele tem um trono e um país para defender tanto quanto Aelin.
Por outro lado, apesar dos excessos no romance de Aelin e Rowan e de ter pecado ao não explorar mais um personagem tão importante como Dorian, Sarah J. Maas continua sabendo construir tramas envolventes e eletrizantes. Há vários momentos que fazem o leitor prender a respiração e se impressionar com as cenas de ação e as reviravoltas. Fiquei tensa o tempo todo, e o desfecho me deixou desesperada pela continuação.
Com relação à polêmica divisão do livro em dois tomos, confesso que ainda não entendi a decisão da editora. Tanto, que optei por uma resenha que englobasse as duas partes. O “final” do primeiro tomo é muito tenso e acredito que a divisão acabou levando a uma quebra do ritmo. Felizmente, eu já li tendo as duas partes em mãos e continuei a leitura normalmente. No entanto, para quem teve que aguardar o lançamento do segundo tomo, deve ter sido bastante frustrante.
De um modo geral, posso dizer que estou cada dia mais feliz por ter decidido iniciar essa série. O universo criado pela Sarah J. Maas é incrível e os personagens são daqueles que conquistam nossa admiração e afeição sem que a gente perceba; quando vemos, já estamos sofrendo e nos preocupando com ele. A trama é muito dinâmica, cheia de reviravoltas e muita ação. Um livro ideal para quem gosta de estratégias e conflitos, com uma dose de romance. Apesar de alguns problemas, é uma leitura que recomendo muito e mal posso esperar para ler os próximos livros. Aliás, espero que a Sarah J. Maas escreva logo, porque não estou sabendo lidar com o final desse quinto volume.
E vocês, já leram a série Trono de Vidro? Me contem o que acharam de Império de Tempestades e se também estão ansiosos pelos próximos livros. Só peço que não comentem nenhum spoiler em respeito a quem ainda não leu.
E, caso vocês tenham interesse em adquirir os livros, não esqueçam de comprar pelo link do blog para a Amazon. Comprando por lá, vocês ajudam muito o Dicas de Malu.  

Comente com o Facebook:

22 comentários:

  1. Adorei a resenha e concordo com o que disse, é muito bom esse livro.
    Sobre o final, cara… Meu coração foi ao chão, a dor é real e eu sofri junto da Aelin. Sofri com a Elide, o Lorchan, Rowan e todos. Todos e cada um deles levou uma porrada bem dada no final, uns maiores do que outros, mas TODOS se ferraram. Inclusive eu. Morrendo pro próximo livro, e ao mesmo tempo triste porque vai ser o final.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  2. Oiee Maria ^^
    Eu ainda não li essa série, mas tenho o primeiro livro aqui e estou MAIS DO QUE DOIDÍSSIMA para lê-lo logo. É aquele tipo de série em que a gente só encontra críticas positivas, né? Nem consigo imaginar quão boa deve ser...haha' Fico muito feliz em saber que você gostou desse quinto volume, parece que a autora arrasa mesmo.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. ainda não li a série e tinha certa empolgação com ela, mas saber que há tanto romance na trama me deixa bem desanimada pra realizar a leitura... preferia que focasse apenas na aventura propriamente dita... mas enfim...

    legal que apesar de uns pormenores, a série continua te cativando...
    bjs...

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Eu li até o quarto livro da série, e depois parei para esperar. Confesso que não gosto muito de esperar uma publicação e outra para não perder tantos detalhes da história. Inclusive quando sair o último livro, vou ler todos novamente.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não li nenhum livro da série, apesar de achar a premissa dela interessante e pelas resenhas que li por aí ela está bem aclamada. A dica está anotada e vamos ver se surge a oportunidade.
    As fotos estão lindas, gostei muito.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    eu não tenho muita curiosidade em ler essa série porque fantasia ou algo do gênero não é meu forte.
    Uma das minha colaboradoras leu e adora a série é fã demais do Dorian, acho que ela entende a chatice dele hehehehe

    ResponderExcluir
  7. Oi, Maria! Eu ainda não li a série, embora tenha a maioria dos livros comigo, em e-books. Por isso, li sua resenha por cima, porque dessa série em especial não quer ler muitos spoilers (ou ler algo que eu não entenda por não conhecer ainda os detalhes da série), mas fico feliz que seja uma série que não perde o ritmo - nem a graça de se ler. rsrs
    Bjos!
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  8. Essa autora é o maximo nunca li nada dela,mas morro de curiosidade,pretendo começar pelo a corte de rosas e espinhos (acho que é esse o nome do primeiro livro) não vejo a hora dos meus livros chegar.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Caramba, sou louca pra ler essa série. Mas, sinto que isso não vai acontecer nem tão cedo devido a quantidade enorme de livro que tenho pra ler antes. Fiquei enfeitiçada com sua resenha, me reacendeu a vontade de me aventurar. rsrs
    Ótima dica.
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  10. Eu li o primeiro dos livros e tinha gostado bastante, mas aí peguei alguns spoilers dos outros livros que me desanimaram muito para ler os outros livros, então eu desisiti da série. Mas ainda não encontrei ninguém que tenha entendido essa decisão de dividir o último volume.
    Beijos
    Mari

    ResponderExcluir
  11. Eu nunca havia lido nada sobre essa série ou sobre a autora. Já vi os livros por aí, mas nunca parei pra ler sobre. Tua resenha tá cheia de informações e, apesar de estar boa e completa, como não conheço a série fiquei meio perdidona, hahahaha Vou procurar saber mais sobre, parece bem bacana e o tipo de leitura que eu faria.

    ;*

    ResponderExcluir
  12. Já quis muito ler a série, talvez eu ainda leia, mas por agora, eu perdi o interesse, mas é ótimo saber que a autora teve habilidades pra te surpreender quando você achava que já tinha dado haha.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    quero muito mas muito mesmo ler essa série, recentemente iniciei a leitura de Corte de espinhos e rosas e estou amando a escrita da autora, como esses livros dela também são mega elogiados já tratei de colocá-los na minha listinha de desejos, talvez eu os compre agora na black friday... Já vi aqui, que a Sarah curte trocar o par das protagonistas, hein? Eu nem sei como ela fez mas em corte eu também acabei aceitando o novo par da Feyre e passei inclusive a torcer muito por essa nova formação, espero também me conformar com a troca deste quando o estiver lendo.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  14. Eu acho a capa desse livro, ou melhor desses livros muito bonitas, e sei que muitos fãs são loucos pela história, mas não faz meu tipo de leitura então apesar da ótima resenha e de ter sido uma leitura agradável para você irei passar a dica, obrigada.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Desde o começo do ano estou querendo ler essa série, só ouço coisas boas sobre ela <3

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Acho essas capas maravilhosas e pelo que li aqui a história é bem envolvente. Mas ando fuugindo de leituras extensas e complexas então vou deixar a dica passar, mas fico feliz que tenha gostado da série.


    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  17. Oi,

    Eu realmente tenho um problema com essa série. Eu comecei amando muito, mas o terceiro livro me desanimou MUITO. Tomei cuidado para não tomar spoiler na sua resenha, porque ainda não sei se tenho interesse em voltar a ler. De qualquer forma, fico feliz que gostou, me deixa mais animada :)

    bjs

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Sou apaixonada por Trono de Vidro mas ainda não tive a oportunidade de ler esses dois.
    Estou muito ansiosa para ler e sua resenha me deixou ainda mais.
    Preciso mais de TRONO DE VIDRO!
    Bjd

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem?

    Passeando pelo feed do Kindle Unlimited vi que estava disponível os dois primeiros volumes dessa série. Mas não quis baixá-la, não até o momento, rs. Farei isso logo porque milhares de leitores têm falado da série. Espero gostar também.

    Beijos,
    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi Malu!
    Li o primeiro dessa série e quero muito continuar porque a protagonista é uma das minhas preferidas. Não sabia o que esperar desses livros futuros, mas vi que a autora nao de perdeu. Fiquei intrigada para entender a participação dos feericos e espero que a oportunidade de ler surja logo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Ola,
    Infelizmente essa série não me chama atenção porque não curto fantasia até ia indicar para meu marido mas se a autora coloca muitas cenas românticas ele não vai curtir também. Sobre a divisão do livro em dois, provavelmente a editora fez isso simplesmente por ganhar mais dinheiro.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    https://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Olá!!

    Pera vamos falar da melhor série da vida e dos dois livros mais maravilhosos que exitem. Sarah me deixou embasbacada, doida, roendo as unhas e me fez chorar como um bebê (que final). Eu só não concordo com a critica ao casal principal, eu também era Team Chaol, mas não rolou, fiquei na merda e superei, quanto as cenas românticas eu entendo os dois lados, mas levo MUITO em conta que a bichinha só se ferra e os únicos momentos de paz e amor que ela tem é com ele e meu Deus ela precisa disso e cara ela tem 19 anos, existem hormônios e vamos combinar que ela precisa aproveitar em quanto pode neh?! Vou parar aqui, mas se quiser me chama no Facebook para falar mais dessa maravilha.

    Beijos e Sucesso
    Garotas Devorando Livros

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal