[Resenha] Milagre na 5ª Avenida

8 de jun. de 2020


Oi, pessoal! Sabe quando a gente está lendo uma série e tem aquele personagem que se destaca desde o princípio? Para mim, na série Para Nova York, com amor, essa personagem foi a Eva. Desde o primeiro, simpatizei com ela e fiquei curiosa para acompanhar sua história. E isso finalmente aconteceu no livro Milagre na 5ª Avenida, terceiro volume da série.
Não preciso nem falar que minhas expectativas para esse livro estavam altas, especialmente depois de ter me surpreendido positivamente com o segundo volume da série, Pôr do sol no Central Park (resenha aqui). Eu não via a hora de ver a romântica Eva ganhando o protagonismo, especialmente porque seu par romântico seria um recluso escritor de romances policiais. Impossível não ficar interessado né?

Então, agora eu já li Milagre na 5ª Avenida e vou poder contar para vocês o que achei. E, para quem não leu os dois primeiros volumes da série, não se preocupem que os livros serão independentes e, apesar de eu recomendar a leitura da série na ordem de lançamento, essa resenha será totalmente livre de spoilers sobre os volumes anteriores.

Autora: Sarah Morgan
Editora: Harlequin Books Brasil
Tradução: William Zeytoulian
Páginas: 320
Onde comprar: Amazon
Sinopse: O amor chega para todos ― seja sonhando com ele ou fugindo o máximo que pode. Após Amor em Manhattan e Pôr do sol no Central Park, Sarah Morgan volta com outra história que vai fazer você suspirar. Eva Jordan ama tudo que envolve o Natal. Romântica incurável, ela passará as festas sozinha esse ano, mas nada destrói sua fé inabalável no amor e nas coisas boas da vida. Quando ela tem a oportunidade de decorar a casa de um escritor rico e famoso na 5ª Avenida, aceita sem pensar duas vezes. O que Eva não esperava, no entanto, é que a casa estaria ocupada por seu recluso ― e misterioso ― dono. Lucas Blade é especialista em escrever cenas aterrorizantes, mas é o Natal que está sendo seu maior pesadelo. Há poucas semanas do prazo final de entrega de seu próximo livro, ele ainda não tem uma história ― nem mesmo um personagem principal! Além disso, o aniversário da morte de sua esposa está chegando, o que o deixa imerso em uma névoa carregada de dor e luto. Eva vive em seu planeta particular e Lucas em um mundo de dor e desconfiança. O que a vida mostra a eles é que duas pessoas diferentes podem ter mais em comum do que imaginam ― incluindo uma atração inegável um pelo outro.

Eva Jordan é uma romântica incurável e que não aceita nada menos do que o amor verdadeiro que sabe que merece. Mas ultimamente tem se sentido bastante solitária. Após perder a avó, que era a única família que ainda tinha, Eva tem se sentido deprimida e muito sozinha. E a proximidade do Natal, uma época muito importante para elas, a saudade tem se tornado ainda maior.
Mas seus dias também têm sido muito corridos já que a empresa que possui com as amigas está conquistando Manhattan. Mas quando uma das clientes mais queridas de Eva a contrata para decorar o apartamento do seu neto e preparar algumas comidas para ele, ela não poderia imaginar o desafio que teria pela frente.
Lucas Blade é um renomado escritos de romances policiais, mas vem enfrentando um longo bloqueio criativo, o que é um problema já que o prazo para a entrega do seu próximo livro está chegando. Tudo que ele quer é ficar sozinho em seu apartamento, tentando recuperar sua inspiração. Tanto que não avisou ninguém da sua família que já estava em Nova York.

Por isso, Lucas fica furioso quando seu apartamento é invadido por aquela irritante e bela desconhecida. Eva sabia que Lucas era um homem reservado desde a morte de sua esposa, mas não imaginava que ele seria uma pessoa tão hostil. Porém, uma tempestade de neve torna impossível que Eva deixe o apartamento para voltar para casa. Assim, os dois ficam presos um com o outro enquanto o mal tempo persistir. E, com a convivência inesperada, podem descobrir mais coisas em comum do que imaginavam. 


Como eu disse no começo da resenha, Eva foi minha favorita desde o primeiro livro e não me decepcionei com ela. É uma personagem romântica, idealista e otimista, mas é também forte, determinada e sabe o que quer. Aliás, uma das coisas que mais amei nesse personagem foi o fato de que ela não aceita menos do que merece. Ela acredita em um amor verdadeiro, cheio de companheirismo e romance, e não vai aceitar ninguém que lhe dê menos do que isso.
Além disso, gostei muito da forma como a perda da Eva foi abordada. Apesar de já ter um tempo que sua avó morreu, ela ainda não superou. Foi uma perda muito dolorosa e a proximidade do Natal deixou esse sentimento ainda mais forte. Achei que essa questão foi trabalhada de uma forma muito real pela autora e me deixou ainda mais apegada a Eva. Até ler esse livro, não tinha percebido o quanto ela se sentia sozinha sem ter sua família e agora consegui compreender melhor a personagem.
Já o Lucas foi um personagem mais complicado. Logo de cara, eu já simpatizei com ele por seu humor bastante ácido. Além disso, me surpreendi ao ir conhecendo a história desse personagem e entender a as razões para sua amargura. Fiquei tocada por tudo que aconteceu e senti muita vontade de abraça-lo em alguns momentos. Porém, eu sempre acreditei que estar triste ou magoado não dá o direito de magoar outras pessoas, especialmente se elas não têm nada a ver com a questão. E Lucas faz isso várias vezes com a Eva, o que me deixou com muita raiva porque ela realmente não merecia sofrer.

Mesmo assim, não posso negar que me encantei um pouco com esse personagem também. Ele é inteligente, tem um senso de humor maravilhoso e sabe ser carinhoso quando quer. Aliás, a relação dele com a avó foi um dos aspectos que mais gostei na leitura. Além disso, apesar de ter sentido vontade de esganá-lo nos momentos em que magoou a Eva, gostei de ver sua evolução e o quanto ele amadurece ao longo do livro. É um personagem que carregava muitas mágoas e traumas e precisou ir aprendendo a superar essas questões e redescobrir um caminho para ser feliz. 



Com relação à trama, mais uma vez Sarah Morgan desenvolveu uma história leve, dinâmica e que envolve o leitor. Eu fui conquistada logo nas primeiras páginas e fiquei totalmente presa na leitura. É interessante como a autora se preocupou em desenvolver não apenas o romance, mas as jornadas individuais dos protagonistas, fazendo com que eles se tornassem ainda mais reais e interessantes para o leitor. Mas não se preocupem que o romance está bastante presente na trama e foi construído de forma natural e apaixonante.
Minha única ressalva, além do comportamento do Lucas em alguns momentos, foi uma cena em que Eva teve uma reação bastante exagerada e que me incomodou bastante. Mas, isso não chegou a atrapalhar minha conexão com a história porque a autora soube resolver a questão de uma forma que me cativou. Além disso, o desfecho do livro é tão lindo e perfeito (me lembrou um filme que eu amo, mas não posso mencionar qual para não ser spoiler), que eu fiquei com o coração quentinho e um sorriso bobo no rosto.
De um modo geral, Milagre na 5ª Avenida foi uma leitura doce, envolvente e apaixonante, com dois personagens que parecem ser muito diferentes, mas que foram descobrindo que se pareciam nas questões que realmente importam. Talvez ele não seja o livro perfeito que eu estava esperando, mas foi uma leitura que conseguiu me cativar, fazer eu me importar com os personagens, e me proporcionar a leveza e o romance que eu esperava encontrar quando comecei a ler. Então, se você procura um livro envolvente, fluido e, principalmente, que seja capaz de te deixar suspirando e com o coração transbordando de amor, precisa conferir esse Milagre na 5ª Avenida.

P.S: Não posso deixar de avisar que esse livro pode te deixar com fome, porque a Eva é uma cozinheira de mão cheia e eu fiquei morrendo de vontade de experimentar os pratos que ela prepara ao longo do livro. Então, não recomendo ler quando estiver de estômago vazio.


E caso vocês queiram comprar esse ou qualquer outro livro na Amazon, comprando pelo meu link vocês ajudam a manter o Dicas de Malu sem alterar o valor da compra. Não custa nada para vocês e faz muita diferença aqui para o blog. Então, vou deixar o link da Amazon aqui. 

15 comentários:

  1. Já ouvi falar desse livro mais ainda não tive oportunidade de ler, acho bacana a história envolver um escritor de romances policiais.
    Eu que já gosto de livro que falam de escritores ou outros livros, fico bem feliz.

    ResponderExcluir
  2. Oi Manu.

    Eu estou com este e os outros dois livros anteriores na meta de leitura. Gostei de saber que o livro não é perfeito mas contém uma história cativante. Espero lê-lo longo. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Malu, amei sua observação. Hahaha
    Achei muito legal a parte que você fez a observação sobre a autora ter conseguido desenvolver a história também em cima de cada personagem. Acho que esse tipo de profundidade as vezes faz falta. Boa parte das histórias parecem se prender apenas aos fatos de um dos lados, sem considerar as questões pessoais. Isso fez com que a obra pareça rica, por mais que não seja perfeita como você comentou.
    Sua resenha ficou maravilhosa!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Malu!!

    Eu não conhecia essa série e não a autora! A premissa do livro é bem interessante né? Ainda que seja um clichê que basicão, sem dúvidas ele parece ser uma leitura divertida e e que vai manter a gente distraído durante a leitura, eu adoro personagens que sabem cozinhar por que eu adoro cozinhar kkkkk sempre fico querendo fazer as receitas dos livros kkkkkk

    Beijos!
    Eita Já Li

    ResponderExcluir
  5. Oiii Malu

    Legal a trama ser dinâmica, adoro chick lits mas às vezes me cansa alguns que leio, sinto que tem hora que a leitura deixa de fluir e fica na mesmice, pelo visto essa série não é assim. Eu tenho o primeiro deles na estante pra ler, pretendo conferir em breve e espero gostar, sempre escuto elogios sobre essa série.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Ahhh, essa série parece ser muito bacana. Esse livro parece ser uma leitura bem fofa e divertida, fiquei morrendo de curiosidade depois de ler tua resenha. Adorei a dica!!!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  7. Oi Malu, tudo bem??

    Eu não sei onde eu tava que nunca tinha ouvido falar da série, pelo menos não que eu me lembre... preciso dela para ontem! Tem todos os elementos que eu amo em uma obra e é do meu genero favorito, ou seja não tem como não curtir. amei!
    Fiquei feliz que mesmo com as ressalvas, você continou gostando da leitura.

    Beijinhos,
    Ani
    www.entrechocolatesemusicas.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Malu, tudo bem? Tenho três amigas que são loucas por essa série mas, eu ainda não li por causa do romance, não sou fã do gênero e fica complicado ler e resenhar um livro, apenas para criticá-lo néh? Achei muito interessante a parte do desenvolvimento da personagem Eva, porque algumas autoras levam o história muito para romance clichê e esquecendo de desenvolver os personagens, como pessoas separadas e com protagonismo próprio.
    Gostei muito da sua resenha e quando estiver procurando uma dica de romance já sei onde escontrar.

    Viviane Almeida
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem? Eu não vejo a hora de poder começar a série, pois sempre vejo elogios para as obras da autora, e que muitas dessas pessoas amam demais. Gostei de saber um pouco mais da sua emblemática com nosso mocinho, e vamos ver como reagirei a este tipo de personalidade. Enfim, adorei a resenha, e com certeza dica anotada! Espero me encantar também pelos volumes!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu adoro esse livro e recentemente descobri que tem um quarto livro e estou louca pra ler, mas me parece que só em e-book. Sinto que Nova York é como se fosse uma das protagonistas!!!,
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Malu! Eu vejo de vez em quando os livros dessa série em destaque na Amazon e já conhecia a escrita da Sarah Morgan, mas não sabia se valeria a pena. Gostei da sua resenha e da premissa da história, será mais uma série acrescida para leitura. rs
    bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  12. Suas fotos são sempre lindas! Eu li o primeiro livro mês passado e eu amei demais o trio de amigos, quero concluir logo os outros dois ❤️

    ResponderExcluir
  13. Oi Malu, tudo bem?
    O título desse livro me lembra vários filmes natalinos com um título muito parecido que foram produzidos nos anos trinta, cinquenta e oitenta e até a premissa tem muita semelhança com eles, o que por si mesmo já me atrai bastante, ainda mais porque eu ando muito afim de ler esses livros dos amigos de NY!
    Um beijo de fogo e gelo da Lady Trotsky...
    http://www.osvampirosportenhos.com.br

    ResponderExcluir
  14. Desejo demais ler esses três livros, eles parecem ser magníficos. Não sei se é impressão minha ou parecem ser romances clichês, o que curto demais. Irei aproveitar seu link e comprar por aqui.=)

    ResponderExcluir
  15. Vejo bastante leitores falando da autora, mas não conheço os livro, esse em especial me chama atenção, ainda estou decidindo se leio ou não. Parece ser bem clichê né, se for já sei que vou gostar haha

    bjs
    https://quemevcbrubs.blogspot.com/

    ResponderExcluir