Book Tag: Flores de Livros

22 de set de 2018



Olá, pessoal! Hoje é o primeiro dia da primavera, também conhecido como o dia de trocar a capa do CD da Sandy & Júnior (por favor, falem que vocês lembram desse CD para eu não me sentir muito velha rsrsrs). Então, para combinar com a estação mais linda e florida do ano, resolvi responder a tag Flores de Livros.
Quem me marcou para responder foi a Ste do instagram Stebookaholic e vocês podem conferir as respostas dela lá. A tag é bem simples e consiste em algumas perguntas que relacionam tipos de flores a livros. Ideal para entrar no clima da primavera né? Então, sem mais delongas, vamos às minhas respostas:

Rosas – Um livro de romance
Eu amo um bom romance, então, foi difícil escolher. Porém, acabei optando por um dos melhores que li esse ano e que pretendo trazer a resenha em breve: Uma noiva para Winterborne, da Lisa Kleypas. Segundo volume da série Os Ravenels, esse livro tem todos os elementos de um ótimo romance: personagens bem construídos, casal com química e trama bem desenvolvida. Não preciso nem dizer que recomendo né?
Sinopse: “Rhys Winterborne conquistou uma fortuna incalculável graças a sua ambição ferrenha. Filho de comerciante, ele se acostumou a conseguir exatamente o que quer – nos negócios e em tudo mais. No momento em que conhece a tímida aristocrata lady Helen Ravenel, decide que ela será sua. Se for preciso macular a honra dela para garantir que se case com ele, melhor ainda. Apesar de sua inocência, a sedução perseverante de Rhys desperta em Helen uma intensa e mútua paixão. Só que Rhys tem muitos inimigos que conspiram contra os dois. Além disso, Helen guarda um segredo sombrio que poderá separá-los para sempre. Os riscos ao amor deles são inimagináveis, mas a recompensa é uma vida inteira de felicidade. Com uma trama recheada de diálogos bem-humorados e cenas sensuais e românticas, Uma noiva para Winterborne é o segundo volume da coleção Os Ravenels.”

Girassol – Um livro leve e divertido:
Para essa, não poderia escolher outro livro que não fosse Os 12 signos de Valentina, da Ray Tavares. Esse livro superou todas as minhas expectativas e foi, de longe, um dos livros mais engraçados e apaixonantes que já li. Pretendo trazer a resenha sobre ele em breve, mas para quem procura uma leitura bem leve e muito divertida, esse é uma ótima opção.
Sinopse: “Isadora é ariana e seu ex namorado pisciano... Inferno astral! Em busca da combinação astrológica perfeita, ela cria um blog para relatar suas experiências Isadora descobriu da pior forma possível que o namorado a traíra. E com sua melhor amiga, ainda por cima! A estudante de jornalismo entra numa fossa sem fim. Sem nenhum estágio à vista, ela se afoga em filmes feitos para chorar, pizza e em sua mais nova obsessão: stalkear o perfil do ex-namorado no Facebook. Até descobrir exatamente o que deu errado entre ela e Lucas: seus signos são incompatíveis. Basta encontrar um rapaz de libra e seu mundo entrará nos eixos novamente. Com a nova obsessão e a desculpa do trabalho final de jornalismo online, uma reportagem investigativa sob um pseudônimo, Isadora une o útil ao agradável e cria um blog para relatar a experiência: Os 12 signos de Valentina. Já que precisa encontrar o libriano perfeito, por que não aproveita e experimenta os outros signos do zodíaco para ter certeza mesmo?” 
Orquídea – O melhor livro do ano
Difícil decidir, porque li alguns livros maravilhosos esse ano e dois, especificamente, se destacaram bastante. Porém, como em breve vocês vão cansar de me ouvir falando sobre um deles, escolhi citar só o outro: A Heroína da Alvorada, da Alwyn Hamilton. Um dos melhores livros de fantasia que já li, encerrando maravilhosamente a trilogia, esse livro é o meu queridinho do ano e já tem resenha sobre ele aqui.
Sinopse (só para quem já leu os livros anteriores): “Quando a atiradora Amani Al-Hiza escapou da cidadezinha em que morava, jamais imaginava se envolver numa rebelião, muito menos ter de comandá-la. Depois que o cruel sultão de Miraji capturou as principais lideranças da revolta, a garota se vê obrigada a tomar as rédeas da situação e seguir até Eremot, uma cidade que não existe em nenhum mapa, apenas nas lendas — e onde seus amigos estariam aprisionados. Armada com sua pistola, sua inteligência e seus poderes, ela vai atravessar as areias impiedosas para concluir essa missão de resgate, acompanhada do que restou da rebelião. Enquanto assiste àqueles que ama perderem a vida para soldados inimigos e criaturas do deserto, Amani se pergunta se pode ser a líder de que precisam ou se está conduzindo todos para a morte certa.”

Flor de cerejeira – Um livro cheio de detalhes
Esse eu fiquei na dúvida se era um livro com muitos detalhes na capa ou na trama em si. Então, escolhi um que se encaixa nos dois casos: Corte de Névoa e Fúria. Vocês já viram a quantidade de detalhes nas capas dos livros dessa série? Além disso, a trama é repleta de informações importantes, detalhes e reviravoltas que tornam a leitura ainda mais interessante.
Sinopse (só para quem leu o primeiro livro): “Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.”

Onze-horas – Um livro que dá para ler em um dia
Eu poderia facilmente responder Os 12 signos de Valentina novamente, porém, para não ficar repetitivo escolhi Mais que amigos, da Lauren Layne. Esse livro, além de ser bem fininho, tem uma trama leve e envolvente. A leitura flui muito bem e dá para ler em poucas horas.
Sinopse: “Será que vale a pena arriscar uma grande amizade em troca de um amor inesquecível? Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento. Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver. Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro certo? Mais que amigos é uma comédia romântica irresistível.”

Lavanda – Um livro que vai ler antes de virar filme
Não estou sabendo de nenhum livro que vá virar filme e que eu ainda não tenha lido. Então, trapaceei e escolhi um livro cujo filme já saiu, mas eu ainda não assisti: Extraordinário. Eu provavelmente sou a única pessoa do mundo que ainda não leu esse livro e nem assistiu ao filme, mas eu quero fazer as duas coisas. Então, pretendo ler em breve para poder assistir ao filme depois.
Sinopse: “August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade.. até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular em Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apenas da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.”

Jasmin – Um livro que você espera que te surpreenda
Sem dúvida, o livro O Ceifador, do Neal Shusterman. Todo mundo fala tão bem desse livro, desde que ele foi lançado, que eu espero nada menos do que uma leitura maravilhosa e surpreendente. Eu sei que ter as expectativas muito altas costuma ser a fórmula para a decepção, porém, nesse caso, tenho esperança de que será um livro realmente surpreendente (de um jeito positivo).
Sinopse: “A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria… Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade. Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador — um papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a “arte” da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão — ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais —, podem colocar a própria vida em risco.”

Hibisco – Uma série que pretende finalizar esse ano
Tem algumas séries que eu pretendo finalizar esse ano, mas, sem dúvida, a mais importante é Trono de Vidro. Meu coração já está pequenininho de ansiedade para ler Kingdom of Ash, que será lançado em outubro nos EUA. Vou deixar a sinopse do primeiro livro para vocês conferirem.
Sinopse: “Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, um jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina, e a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte, e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo.”

Lírios – O primeiro livro de 2018
Esse ano eu comecei muito bem minhas leituras com o livro Era uma vez no outono, segundo volume da série As quatro estações do amor, da Lisa Kleypas. Um romance de época apaixonante e com personagens bem construídos e cativantes.
Sinopse: “A jovem e obstinada Lillian Bowman sai dos Estados Unidos em busca de um marido da aristocracia londrina. Contudo nenhum homem parece capaz de fazê-la perder a cabeça. Exceto, talvez, Marcus Marsden, o arrogante lorde Westcliff, que ela despreza mais do que a qualquer outra pessoa. Marcus é o típico britânico reservado e controlado. Mas algo na audaciosa Lillian faz com que ele saia de si. Os dois simplesmente não conseguem parar de brigar. Então, numa tarde de outono, um encontro inesperado faz Lillian perceber que, sob a fachada de austeridade, há o homem apaixonado com que sempre sonhou. Mas será que um conde vai desafiar as convenções sociais a ponto de propor casamento a uma moça tão inapropriada?”

Essas foram as minhas respostas para a tag Flores de Livros e minha pequena homenagem ao início da minha estação favorita do ano. E vocês, já leram algum desses livros que eu mencionei? Me contem aí nos comentários o que acharam das minhas respostas e qual a sua estação favorita do ano.


12 comentários:

  1. Oi, Malu. Eu ainda não conhecia essa tag e amei, até anotei aqui para responder no meu blog também (claro que vou te linkar para dizer onde encontrei hahaha)
    Minha resposta para lavanda no momento é Para todos os garotos que já amei, eu estou louca para assistir ao filme, mas quero ler o livro antes.

    ResponderExcluir
  2. Olá, de todos os livros que citou na tags eu só li o " Mais que amigos " e eu simplesmente amei o livro, eu ainda não conhecia essa tag, achei ela bem legal, talvez daqui a um tempo irei responder ela em meu blog

    ResponderExcluir
  3. Oiii Malu

    Adorei a TAg, ficou muito bacana. Tenho vontade de retomar Trono de Vidro, eu li o primeiro e não gostei, mas às vezes nem sempre a primeira impressão é a que fica e por aogra sinto vontade de talvez arriscar novamente. Essa trilogia da Rebelde do Deserto tenho completinha e todo mundo fala super bem especialmente de Heroína da Alvorada, quero muito ler os três livros em breve.
    o Ceifador é maravilhoso!! Eu amei demais esse livro, é original e cheio de tensão, quero muito ler a segunda parte no próximo mês.
    ACOMAF é outro que já está na estante esperando o momento pra ser lido, até o final do ano quero ler sim ou sim até porque acabou de chegar o terceiro então agora não tenho mais desculpas.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Malu, não lembro dessa tag de ter visto antes e curti.
    Vou tentar responder no meu blog.. E linko o seu se o fizer.
    Já li A heroína da alvorada, Corte de névoa e fúria, Extraordinário, O ceifador e trono de vidro e amei.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Malu, primeiramente, eu lembro do CD haha.
    Eu adoro Tags, não tinha visto esta da primavera ainda.
    Quero ler "Os 12 signos de Valentina" e a série "Corte". Já li "Extraordinário" e te digo que tu está perdendo tempo, comece hoje a ler, é maravilhoso. "O ceifador" surpreende sim, mas como tu, minhas expectativas estavam no céu, mas não decepcionou, leia sim.
    Se conseguirmos, vamos responder no blog e digo que vi aqui a primeira vez a Tag.
    Bjos
    Vivi

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Eu tenho este CD de trocar a capinha!
    Amei muito também Os 12 Signos de Valentina, me diverti do começo ao fim. Ainda não comecei A Rebelde do Deserto mas quero muito ler essa série. Mais Que Amigos pra mim foi aquela leitura rapidinha e leve, super indico. Ótima lista!

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  7. Oi Malu,
    Adorei a TAG e vou responder no blog.
    Adorei ver Os 12 signos de Valentina nessa resposta e saber que ele pode ser rápido de se ler também. O Ceifador é um livro surpreendente, tenho certeza que você vai gostar.
    Só li o primeiro livro de Trono de Vidro, preciso dar continuidade na série!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Maluzinha! Não sei porque, mas primavera sempre me faz pensar em Lisa Kleypas, então quando vi ela nas suas respostas, só consegui sorrir haha vi toda a sua animação ao ler Os 12 signos de Valentina e realmente é uma leitura muito boa, sinto até saudades dessa história.

    ResponderExcluir
  9. Oie, não sei qual o CD da dupla (risos). Amo esta estação! Quero muito ler Uma noiva para Winterborne, Um livro que dá para ler em um dia. Amo Extraordinário, li a versão infantil e é linda!
    Adorei a tag Flores.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  10. Olá linda,

    Eu já li alguns da sua lista. Os da Sarah não me conquistaram e por isso vão ficar todos pela metade. O livro da Ray quero ler nas férias, porque parece ser bem leve.
    Você vai adorar O Ceifador. A leitura é cativante e o enredo foi bem fechado e construído e não se apaixona pelo "meu" Rowan hahaha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Malu, sua linda, tudo bem?
    Adorei essa tag, essa é nova, ainda não conhecia. Essa semana eu li uma resenha sobre o ceifador e acabei de ler uma resenha sobre nuvem, a continuação dele. Foram tão elogiados, que já estão no topo da minha lista. E agora vem você e faz o topo aumentar com a trilogia da rebelde do deserto. Extraordinário é um livro que sempre quis ler e esse ano finalmente o farei nesse mês do dia das crianças. Corte de Névoa e Fúria é outra trilogia que finalmente lerei esse ano.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Malu! Adorei suas respostas, concordo muito com Uma noiva para Winterbourne Heroína da Alvorada. Acho que vou pegar essa TAG emprestada. rss
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir