5 motivos para ler: O gosto da tentação

13 de ago de 2019



Olá, pessoal! Quem aí nunca se apaixonou por um livro que todo mundo odiou? Eu passei por isso recentemente quando li O gosto da tentação, da Elizabeth Hoyt, primeiro volume da série A lenda dos quatro soldados. Praticamente todos as resenhas que eu li sobre esse livro foram negativas. Porém, eu resolvi dar uma chance e que surpresa maravilhosa.
Pensando nisso, eu resolvi fazer um post para defender esse livro maravilhoso. Ou melhor, alguns motivos pelos quais eu acho que vale dar uma chance para essa história. Assim, separei os principais motivos que me fizeram amar essa leitura e que acredito que outras pessoas podem gostar. Quem sabe vocês também não se surpreendem né?

1 – Ambientação que foge dos padrões: A maioria dos romances de época que li se passam no século XIX ou na Idade Média. Porém, O gosto da tentação se passa no século XVIII, alguns anos após a guerra entre a Inglaterra e a França por territórios no Canadá. Apesar da guerra não ser o foco, ela acaba desempenhando um papel importante na trama. Além disso, a sociedade inglesa era um pouco diferente, com uma aristocracia ainda mais fechada e preconceituosa do que no século XIX, e isso foi muito bem explorado pela autora ao longo do livro.

2 – Personagens mais maduros: Um dos aspectos que mais gostei em O gosto da tentação é o fato de que não se tratam de personagens jovens e inconsequentes ou mocinhas inocentes e ingênuas. Os personagens dessa são trama são mais velhos e carregam traumas e responsabilidades que os tornaram mais maduros. Em especial, o protagonista Samuel foi um personagem que me cativou muito por tudo que viveu e pela forma como foi afetado por suas experiências.

3 – Romance ao melhor estilo gato e rato: À primeira vista, Samuel e Emeline não possuem nada em comum. Ela é uma jovem viúva, rica e de origem nobre, que corresponde a tudo que se espera das mulheres da alta sociedade: elegante, recatada, responsável e bem-educada. Já ele, é um estrangeiro rico, mas sem sangue nobre e com modos bastante rústicos. Aos olhos da sociedade inglesa, era visto quase como um bárbaro. Então, é claro que com esses dois juntos os conflitos seriam inevitáveis, o que significa que não faltaram provocações e diálogos divertidos. E não vou mentir: essa fórmula pode até ser clichê, mas eu adoro.

4 – Cenas que fazem o leitor suspirar: Preciso avisar que nesse livro não faltam cenas quentes e que elas muito bem escritas; nada vulgar ou fora de contexto. Porém, não foram essas cenas que aqueceram meu coração. O livro tem diversos momentos sensíveis e fofos que me cativaram e tornaram a leitura ainda mais encantadora. Para minha surpresa, O gosto da tenção me deixou com o coração transbordando de amor em vários momentos e foi um livro que me deixou realmente suspirando.

5 – Um mistério instigante: Não pensem que esse livro vive só de romance. Há um mistério na trama em torno do qual toda a série irá girar. Achei que essa parte de suspense foi muito bem explorada pela autora e deixou a leitura ainda mais envolvente. Ao longo do livro vamos tentando juntar as pistas e no final vem uma revelação que aumenta ainda mais o mistério. Já estou cheia de teorias e não vejo a hora de ler as continuações para descobrir o que aconteceu.

Mas agora quero saber de vocês se já leram O gosto da tentação e o que acharam. Para mim, ele foi uma grata surpresa e que me deixou realmente empolgada para continuar acompanhando essa série. E vocês, já leram? Me contem aí nos comentários o que acharam e se ficaram curiosos para ler essa série.

7 comentários:

  1. Os romances da Elizabeth tendem a ter tudo isso que você apontou e eu adoro isso, eu tenho esse livro desde o fim do ano passado, mas ainda não li acredita, por falta de tempo e uns probleminhas ai eu tenho desacelerado meu ritmo de leitura e certos livros ainda não foram lidos, mas espero em breve conseguir fazer a leitura e me apaixonar assim como você.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Hey!
    Então, nunca li o livro. Uma das poucas leituras que fiz de romance de época foram todos da Judith Mcnaught. Não sei se já leu algum livro dela, mas boa parte das personagens são jovens e fora da linha da época, bem ao estilo heroína. Rs
    Acho que essa é uma leitura que eu faria mais a frente. Achei a capa bem fofa. ♡
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi malu, um mistério instigante foi o que me chamou mais atenção para a leitura, mas personagens maduros também é ponto positivo. Não li este livro, mas quero ler algum dia. Adorei tuas considerações.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li, mas pelo visto vu gostar. Sou bem eclético quanto a gêneros e parece ser interessante.

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que só as capas já conquistam e despertar o interesse hahahahahahah
    Já comentei com vc que não sou fã de romance de época, mas seus motivos são convincentes =D e quem sabe um dia consiga dar uma chance.

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu não costumo ler romances de época. Na verdade, nunca li. Mas confesso que as capas dessa série são lindas e eu fico louca para tê-las na estante, hahaha. Saber que o livro foca em um mistério, além de abordar o romance, me deixou intrigada para saber como a autora mesclou esses dois gêneros.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu estou louca para ler os livros dessa série! Olha, ñao curto romance gato e rato, mas às vezes eles caem bem dependendo do livro e acho que é o caso desse. Adorei os motivos para ler e espero mesmo poder ler em breve

    ResponderExcluir