[Resenha] Uma conjuração de luz

21 de jan. de 2021

 



Um dos maiores sofrimentos de um leitor é esperar a continuação de uma série depois que o livro anterior terminou de um jeito bombástico. Então, imagina como eu fiquei depois do final desesperador de Um encontro de sombras tendo que esperar três anos para ler Uma conjuração de luz.

Para quem não conhece, esses livros fazem parte da trilogia Um tom mais escuro de magia, da V. E. Schwab. Eu sou completamente apaixonada pela escrita da autora e amei muito os dois primeiros volumes, Um tom mais escuro de magia (resenha aqui) e Um encontro de sombras (resenha aqui). Então, vocês já podem imaginar minha ansiedade para o livro que encerra essa série.

Mas meu momento finalmente chegou, a hora de acabar com esses três anos de agonia, e eu li Uma conjuração de luz. Depois de muita ansiedade, sofrimento, lágrimas, desespero e surtos, vim aqui comentar o que achei da leitura que encerra essa trilogia tão especial para mim.

 

Aviso: Essa resenha NÃO tem spoilers de Uma conjuração de luz. Porém, não recomendo que vocês continuem lendo se ainda não leram os dois primeiros livros


Autora: V. E. Schwab

Editora: Record

Tradução: Ana Carolina Delmas

Páginas: 728

Onde comprar: Amazon / Submarino

Exemplar recebido de cortesia da editora

Sinopse: “A balança do poder enfim pendeu para um lado. O equilíbrio precário entre as quatro Londres atingiu um ponto sem volta. Outrora transbordando a vivacidade vermelha da magia, o império Maresh é invadido por uma sombra lançada pela escuridão, o que deixa espaço para outra Londres surgir. Quem vai cair?Kell, que já foi considerado o último Antari vivo, começa a questionar a quem deve sua lealdade. E, na esteira da tragédia que se abate sobre a Londres Vermelha, será que Arnes vai resistir? Quem vai ascender?Lila Bard, que já foi uma reles ladra – mas nunca uma ladra qualquer –, sobreviveu e progrediu por meio de uma série de provações mágicas. Mas agora ela precisa aprender a controlar a magia antes que esta seja drenada por seus próprios poderes. Enquanto isso, o desacreditado capitão do Night Spire, Alucard Emery, reúne sua tripulação para correr contra o tempo em busca do impossível. Quem vai assumir o controle?Um antigo inimigo retorna para reivindicar a coroa enquanto heróis tentam salvar um mundo em decadência. Uma conjuração de luz é a conclusão épica da série Tons de Magia, de V. E. Schwab. É um acerto de contas com o passado e uma luta por um futuro incerto que sela o destino de Lila, Alucard, Kell, e até mesmo Holland, num livro de tirar o fôlego.”

 

Uma conjuração de luz continua exatamente de onde Um encontro de sombras parou: Kell foi atraído para a Londres Branca, Rhys está morrendo na Londres Vermelha e Lila precisa salvá-los. Mas, quando parte para resgatar Kell, ela não imaginava que a própria Londres Vermelha estaria em perigo. Uma sombra vinda da Londres Preta está sendo lançada sobre a cidade, ameaçando todos que tentarem resistir e levando destruição, medo e escuridão para o local que antes foi tão vibrante e pacífico.

Enquanto Kell e Lila reúnem um grupo improvável em busca da única coisa que pode conter esse mal que está tomando a Londres Vermelha, Rhys vai ter que aprender se ainda há algo dentro dele que justifique sua vida ter sido salva por Kell. Os três precisarão lutar não apenas para proteger a cidade e aqueles que amam, mas também para descobrir qual o lugar de cada um deles.



Como que eu posso explicar tudo que senti lendo Uma conjuração de luz? Eu esperava esse livro há tanto tempo e, quando finalmente tive ele em mãos, só conseguia pensar em como ele valeu cada segundo de espera. Ao mesmo tempo, tinha momentos que eu sentia vontade de largar e não olhar mais para ele, por medo do que aconteceria a seguir. V. E. Schwab não tem dó dos leitores e eu não tive um minuto de paz durante a leitura, foi surto atrás de surto.

Quando terminei Um encontro de sombras, eu fiquei completamente desesperada por tudo que estava acontecendo com os personagens. Eu sinceramente não via como eles poderiam sair daquela situação e concluí a leitura surtando para saber o que aconteceria. E Uma conjuração de luz continua exatamente de onde o anterior parou, então, dá para imaginar que o já livro começa com ação e um clima de tensão desde as primeiras páginas. E isso permanece durante toda a leitura.

O ritmo da trama é lento, ainda mais do que nos livros anteriores, mas não pensem que isso significa uma leitura monótona. Pelo contrário, o universo criado por V. E. Schwab é tão rico e fascinante que é sempre interessante de acompanhar, independente do que esteja acontecendo ali, o que fez com que a leitura fluísse muito bem para mim. Além disso, mesmo nos momentos em que a trama estava mais cadenciada e sem grandes acontecimentos, a sensação de perigo iminente e o clima de tensão contribuíram muito para o meu envolvimento com a história.

Outro ponto importante para mim foi o carisma dos personagens. Eu sinceramente não me lembrava do quanto era apegada a eles até começar a releitura. A ideia de que qualquer coisa ruim pudesse acontecer ao Kell, ao Rhys, à Lila ou ao Alucard já era o suficiente para me deixar desesperada. A V. E. Schwab foi muito habilidosa para construir os conflitos de cada um deles ao longo dos livros anteriores e aqui ela foi mostrando aos poucos o quanto cada um deles evoluiu. Todos eles passam por situações extremas, em que precisam decidir quem são, a quem são leais e o que realmente é importante para eles, e foi muito interessante ver o amadurecimento deles refletidos em suas escolhas.

Também me surpreendeu muito ver como essa evolução não ficou restrita aos quatro, mas esteve presente em outros personagens que eu realmente não esperava. Um deles foi o Holland, que era a fonte de todo o meu ranço nos dois primeiros volumes, mas que nesse livro mostrou que tinha muito mais camadas que parecia. Eu sinceramente não imaginava que poderia sentir empatia por ele, mas V. E. Schwab mostrou que há muito mais nesse personagem e que, às vezes, a divisão entre mocinho e vilão pode ser mais complicada do que aparenta. 



Com relação à trama, apesar de ter um ritmo mais lento e ser um livro grande, senti que tudo que aconteceu teve um propósito. A história foi muito bem construída, apresentando esse novo perigo que ameaça a Londres Vermelha e tudo que estava em jogo para os personagens, mas também dando espaço para a jornada individual de cada um deles. Tudo foi bem dosado pela autora, que soube colocar as ameaças, as revelações, o mistério e até mesmo o romance nos momentos certos.

A trama se desenvolveu de forma cadenciada, aumentando gradualmente o nível de tensão, até caminhar para o desfecho. E quando chegamos ao auge da tensão, é que a V. E. Schwab adotou um ritmo alucinante e de tirar o fôlego. O final desse livro foi simplesmente épico. Teve grandes lutas, perdas, surpresas e tudo que uma boa série de fantasia pede. Além disso, a autora conseguiu amarrar todas as pontas e mostrar que nada foi colocado na história sem um motivo. E, mais do que tudo, as escolhas feitas foram coerentes com a história e com tudo que os personagens viveram.

Acho que poucas vezes eu fiquei tão ansiosa e esperei um livro por tanto tempo, mas lendo Uma conjuração de luz eu senti a cada página que estava sendo recompensada pela espera. É um desfecho arrebatador (e em alguns momentos enlouquecedor) para uma trilogia que tem me conquistado desde o início. Acompanhar a jornada desses personagens tem sido uma aventura e tanto, e não foi diferente nesse último volume. Sofri com eles, me diverti, chorei, me desesperei, vivi uma verdadeira montanha-russa de emoções e no final não poderia ter ficado mais feliz e realizada com essa leitura. 


Outros livros da trilogia:

Um tom mais escuro de magia, vol. 1: Amazon | Submarino

Um encontro de sombras, vol. 1: Amazon | Submarino

 

Outros livros da autora:

Vilão: Amazon | Submarino

Vingança: Amazon | Submarino

A melodia feroz: Amazon | Submarino

O dueto sombrio: Amazon | Submarino

A guardiã de histórias: Amazon | Submarino

A guardiã dos vazios: Amazon | Submarino


10 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Eu já li o primeiro livro e adorei bastante a escrita da autora, tem outras obras dela que são super interessantes! Infelizmente ainda não tive oportunidade de ler os outros volumes dessa série de fantasia, mas pretendo continuar ainda esse ano. Fiquei com um grande interesse após ler os seus comentários e não tem nada melhor do que uma leitura que recompense a cada página, não é mesmo? Ótima resenha!

    Até mais,
    https://www.estudou.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luan! Tudo bem e você?
      A escrita da V. E. Schwab é incrível né? Espero que você continue mesmo a série e goste das continuações ainda mais do que gostou do primeiro.
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Malu!

    Eu só li um livro dela, mas essa trilogia tá na lista de próximos pra conhecer! Eu li Vilão e nossa, a escrita dela é muito gostosa, ela prende a gente de uma forma que você lê o livro todinho e acaba nem sentindo que leu! Só vejo elogios pra essa trilogia e já vou adiantar essa leitura com toda certeza!
    Adorei as fotos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bianca! Tudo bem?
      Nossa, Vilão é outro livro maravilhoso dela. Inclusive, quero ler a continuação logo hehe. Espero que você leia essa trilogia também e se encante novamente com a escrita da autora. Muito obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi Malu!!

    Meninaaaaa eu to com os dois primeiros livros na estante e minha meta é lê-los ainda esse ano, inclusive ansioso demais e agora que o último livro foi lançado eu me sinto apto a finalmente começar a ler. Acho que tu fez uma postagem sobre os livros da autora e o quanto você gostava deles aqui em seu blog ano passado se eu não estiver enganado. Mal posso esperar para começar a ler!!

    Beijos!
    Eita Já Li

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alisson! Tudo bem?
      Nossa, aproveita que já está com os primeiros livros e começa essa série logo porque é maravilhosa. Sim, no ano passado eu fiz um post sobre os livros da autora mesmo. Sou apaixonada pela escrita dela.
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá,
    Eu conheci a escrita da Schwab, ano passado, e nossa eu realmente gostei. Não li sua resenha inteira porque pretendo ler a trilogia, mas dá pra ver como você estava empolgada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Debyh! Tudo bem?
      A escrita dela e maravilhosa né? Espero que leia a trilogia mesmo e que também aproveite a leitura.
      Beijos!

      Excluir
  5. Olá, tudo bem? Eu reli os dois primeiros para ler esse terceiro, mas por n motivos isso ainda não aconteceu. Espero que em breve possa pegá-lo e finalmente finalizar essa trilogia que me cativou tanto. Assim como você, anseio que seja uma experiência positiva. Adorei saber o que sentiu quando leu e o que posso ter expectativas com o título. Amei as fotos!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Tudo bem e você?
      Ah que bom que releu, ajuda demais estar com tudo fresquinho na cabeça haha. Espero que consiga ler em breve e que também ame a leitura. Muito obrigada! Espero que ele supere suas expectativas como aconteceu comigo quando li.
      Beijos!

      Excluir