Motivos para ler "Em queda"

 


É possível ficar agoniado com um livro só pela sinopse? Eu pensava que não, até ler a de Em queda, da autora T. J. Newman. Lançado esse semestre pela Planeta de Livros, esse livro tem uma das premissas mais instigantes e tensas que eu já li. E é óbvio que a minha curiosidade foi imediatamente instigada.

Em queda foi uma das minhas leituras mais recentes e, assim que terminei, senti que precisava comentar com vocês. Mas, para quem não conhece o livro ainda, primeiro eu preciso apresentar a sinopse, para que vocês entendam o motivo de ter ficar tão curiosa para ler essa história:

 

"Você acaba de embarcar em um voo para a cidade de Nova York. Há outros cento e quarenta e três passageiros a bordo. Você é o piloto desse avião, e seu trabalho é levá-los todos a salvo até seu destino. O que você não sabe é que, há apenas trinta minutos, sua família foi sequestrada. As exigências são claras: para que sua família sobreviva, todos nesse avião devem morrer. Permissão para decolar."

 

Não preciso dizer mais nada? Assim que li essa sinopse, eu simplesmente precisava saber o que iria acontecer. Mas se vocês não são pessoas tão curiosas quanto eu e não se interessaram por essa premissa (o que eu considero impossível), vim apresentar alguns motivos para convencer vocês a ler.

 

1 – Trama dinâmica

Em queda tem uma trama extremamente envolvente e com um ritmo alucinante. O livro já começa com uma cena forte e impactante, e segue com intensidade e com um acontecimento atrás do outro, sem dar um minuto de descanso para os personagens e nem para os leitores. Esse é daqueles livros que, depois que começamos, fica impossível largar. Tanto que eu li as mais de 200 páginas em questão de horas, de tão ansiosa que estava para saber como tudo terminaria.

 

2 – Cenas realistas

A autora T. J. Newman foi comissária de bordo e, por esse motivo, escreveu com riqueza de detalhes e muito realismo todos os procedimentos dentro do avião. Ao longo da leitura, todas as cenas no avião são muito reais e fazem o leitor se sentir realmente dentro da história. Isso foi fundamental para construir a tensão que o livro exige e deixar a leitura ainda mais envolvente.

 

3 – Personagens interessantes

Devido ao ritmo intenso da trama e às muitas cenas de ação, eu realmente não imaginava que a autora conseguiria desenvolver os personagens bem o suficiente para que eu me apegasse a eles. Mas, para minha surpresa, ao longo do livro vamos conhecendo cada um deles de uma forma surpreendentemente íntima e eu terminei a leitura completamente apegada a eles e torcendo muito para que tudo se resolvesse da melhor maneira possível para todos.

 

4 – Os diferentes núcleos

Quando eu li a premissa, pensei que o livro seria todo focado no piloto dentro do avião. Porém, a autora me surpreendeu ao trazer diferentes núcleos e ir intercalando entre eles ao longo da trama. Assim, acompanhamos tanto o Bill, o piloto, tentando salvar os passageiros e a tripulação, quanto a equipe do FBI que tenta salvar a família dele e a próprio sequestrador enquanto mantém a família de Bill como refém. Isso ajuda tanto por dar uma visão mais completa da trama quanto pro proporcionar mais cenas de ação e aumentar o clima de tensão.

 

Por esses motivos, acredito que vocês já tenham entendido o quanto Em queda é uma leitura absolutamente eletrizante. Apesar de algumas ressalvas em relação aos motivos por trás da ameaça feita a Bill, eu fiquei totalmente envolvida nessa leitura e não conseguia parar de ler. Trata-se uma trama bem construída e que deixa o leitor sempre ansioso para saber o que vai acontecer a seguir. Eu confesso que já li imaginando um filme de ação, no estilo de Busca Implacável ou Velocidade Máxima, e adoraria assistir a uma adaptação. Felizmente, os direitos já foram comprados pela Universal Studios e o livro vai filme.

Então, para quem gosta de histórias com muitas cenas de ação e altas doses de adrenalina, não pode deixar de conferir Em queda, da autora T. J. Newman. Foi meu primeiro contato com a escrita da autora, mas já estou ansiosa para ler mais livros dela. 


Autora: T. J. Newman

Editora: Planeta de Livros Brasil

Páginas: 272

Exemplar recebido de parceria com a editora

Onde comprar: Amazon

Sobre a autora: T. J. Newman, uma vendedora de livros que acabou se tornando comissária de bordo, trabalhou para as companhias aéreas Virgin America e Alaska Airlines entre 2011 e 2021. Boa parte de Em queda foi escrita durante voos noturnos cruzando os Estados Unidos, enquanto seus passageiros dormiam. A autora mora em Phoenix, no estado do Arizona. Este é seu romance de estreia.


Apaixonada por literatura desde pequena, nunca consegui ficar muito tempo sem um livro na mão. Assim, o Dicas de Malu é o espaço onde compartilho um pouco desse meu amor pelo mundo literário.




Facebook

Busca

Instagram

Twitter

Editoras Parceiras

Seguidores

Arquivos

Newsletter

Populares

Tecnologia do Blogger.