[Dica da Malu] ABC do Amor

13 de dez de 2017


Sinopse: “O amor é o personagem principal desta antologia que reúne três das mais românticas autoras da atualidade. Inconveniente, não retribuído, desejado, com final feliz ou sem esperanças, o amor não sai de moda. Em Doce reencontro, o destino encontra a saudade. Jade nunca esqueceu o ex-namorado, que terminou tudo e a trocou pela carreira. Mas a receita de um grande amor nunca desanda. O que acontece quando os dois se reencontram? O perdão é capaz de mudar a história em As cartas que escrevemos. Quando Jake retorna à cidadezinha onde cresceu, o agora ator famoso só esperava ver o seu grande amor mais uma vez. Mesmo que fosse no altar. Com outro homem. É possível fazer Ana Louise mudar de ideia? Além das cores prova que o amor pode nascer do desejo. Alice acabou com o pior tema no projeto final da faculdade. Ela precisa escrever a biografia de Leandro, um artista plástico temperamental, fechado e extremamente gato. A atração entre ambos é intensa, mas os fantasmas do passado podem atrapalhar tudo.” Autoras: A. C. Meyer, Brittainy C. Cherry, Camila Moreira / Editora: Galera Record / Páginas: 266 / Skoob / Comprar: Amazon

Três contos, três perspectivas diferentes sobre um mesmo sentimento. É assim que eu definiria o livro ABC do Amor, lançamento de 2017 da Galera Record. Nesse livro, três autoras reconhecidas por seus romances apaixonantes, A.C. Meyer, Brittainy C. Cherry e Camila Moreira, escrevem cada uma um conto que aborda o amor em um momento diferente.
No primeiro deles, Doce Reencontro, temos a história de Jade e Alex, um casal que se conheceu na adolescência e acabaram tendo seus caminhos separados por circunstâncias da vida. Anos depois, o destino acaba fazendo com que eles se reencontrem. Será que o amor pode sobreviver a tantos anos e tantas mudanças que ocorreram nas vidas de Jade e Alex?
Já no segundo conto, As cartas que escrevemos, Brittainy C. Cherry apresenta uma história sobre perdão. Depois de anos seguindo sua carreira de ator, Jake retorna para a cidadezinha onde viveu para o casamento de Ana Louise, a ex namorada que ele nunca esqueceu. Será que, depois de tanto tempo, ela ainda o amava como ele nunca deixou de amá-la? Seria esse amor suficiente para que ela o perdoasse?
Por fim, no conto Além das cores, da autora Camila Moreira, é retratado o amor que surge da atração. Em um péssimo dia, Alice é demitida, descobre que seu noivo a traia com sua melhor amiga e que, para o trabalho de conclusão de curso, ela teria que escrever uma biografia sobre o temperamental pintor Leandro Franz. O que ela não esperava é que surgiria uma inexplicável atração entre eles, mas que fantasmas do passado poderiam atrapalhar esse sentimento que estava surgindo e que eles não sabiam como nomear. Seria amor?



De um modo geral, gostei dos três contos e esse livro se mostrou uma leitura rápida e agradável. No entanto, acredito ser impossível falar sobre ABC do Amor como um todo, pois cada autora tem um jeito próprio de escrever e os contos não têm uma ligação entre si. Deste modo, vou falar um pouco sobre o que achei de cada um deles.

Algumas pessoas relacionam a saudade com a solidão. (...) Para mim, saudade não tem relação com a tristeza. Ela é a mola que impulsiona cada passo do meu caminho. Assim como o amor.

Doce reencontro fala sobre um amor que resiste à saudade, ao tempo e à distância. A leitura é muito fluida e, apesar de ser um conto, achei que a autora soube construir bem o romance e tornar o casal convincente. No entanto, senti falta de algum obstáculo para os protagonistas superarem, seja algum conflito do passado ou as mudanças que ocorreram ao longo dos anos que passaram separados, mas que deixasse uma dúvida, mesmo que pequena, se o casal ficaria junto ou não.
Outro aspecto que me incomodou um pouco foi a idade dos protagonistas. Jade tem apenas 23 anos e, antes do reencontro, Alex supunha que ela já estaria casada e com filhos. Sei que tem pessoas que se casam com essa idade ou menos, mas não é comum ao ponto de levá-lo a ter tanta convicção que Jade já deveria ter se casado e tido filhos. Além disso, eles são incrivelmente bem-sucedidos para a idade que têm. Algo que pode acontecer, mas também não é tão comum e fez a história se tornar menos convincente
De um modo geral, é um conto bem escrito e a leitura é bastante fluida. No entanto, mesmo os personagens sendo carismáticos, tive dificuldade de me conectar com eles. Gostei do conto e me diverti lendo, mas confesso que esperava mais e não cheguei a me encantar pelo romance.

Já em As cartas que escrevemos lembrei porque a escrita de Brittainy C. Cherry me conquistou quando li O ar que ele respira. Em poucas páginas, ela consegue conferir sentimento e complexidade aos seus personagens, despertando a empatia de quem lê. Assim, o que mais gostei é que este conto fala sobre perdão e traz protagonistas imperfeitos, que erraram no passado e precisam lidar com as consequências das escolhas que fizeram. Isso os tornou mais humanos e reais, o que tornou o amor deles mais verdadeiro, para mim.

“ – Porque quando se ama alguém, a gente espera o tempo que for para que as coisas se alinhem. Para que tudo entre nos eixos.”

A única ressalva que faço é que toda a trama se desenvolve em um final de semana. Mesmo se tratando de um conto, acho que foi muito apressado, considerando todas as mágoas e problemas que precisavam ser superadas. No entanto, foi uma leitura tão cativante que isso não tirou o brilho da leitura.


Por fim, o que mais me surpreendeu: Além das cores. A sinopse desse conto me desanimou um pouco, porque, normalmente, não gosto de romances em que o casal sente uma atração inexplicável e imediata. Porém, a Camila Moreira tem uma sutileza na sua escrita que tornou o casal e a química entre eles convincente.

“Via em seus olhos a admiração que sentia pelas cores. As minhas cores! Aquilo me fascinou. Ela parecia entender a dor que senti ao pintar, cada sentimento que transpus para a tela.”

Além disso, fiquei impressionada com o quanto ela conseguiu desenvolver os personagens em poucas páginas. Eles amadurecem ao longo do conto, superam traumas do passado e a própria construção do romance, ao contrário do que eu esperava, é gradual e convincente. Foi uma leitura que me conquistou completamente e me deixou curiosa para conhecer outros trabalhos da autora.
Com relação à edição, achei que a Galera Record caprichou. A capa é simples, mas bonita e delicada. Além disso, as páginas amareladas e o tamanho da fonte deixam a leitura confortável. Há ainda as páginas que iniciam cada conto que também são simples, mas bonitinhas e condizentes com as histórias que iniciam.
Assim, ABC do amor é uma leitura fluida, agradável e ideal para quem adora romances. São histórias diferentes, cada uma com seus méritos, mas que, de um modo geral, proporcionam bons momentos. Além disso, os contos são uma ótima oportunidade para conhecer a escrita da A. C. Meyer, da Brittainy C. Cherry e da Camila Moreira, e perceber o estilo de cada uma delas. Terminei a leitura em um único dia, feliz pelas histórias que encontrei e ansiosa para conhecer outros trabalhos das autoras.

23 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro, porém gostei muito da premissa dele. Me parece ser um livro leve, de leitura leve e gostosa pra se fazer em um final de tarde.
    Gostei muito da sua resenha, foi completa e falou de cada conto individualmente nos faz entender sua visão sobre cada um.

    Abraços!
    Cantinho da Lua

    ResponderExcluir
  2. Adorei tua resenha, não sabia muito do que se tratava todas as historias. Na época estava com vontade de comprar esse livro apenas por conta da Brittanny, mas acabar o desistindo, além de não ser muito fã de contos eu vi muitas críticas negativas de.modo geral em relação a obra. De qualquer forma sua resenha me fez repensar um pouco sobre.

    Beijos

    Blog http://naturezaliteraria.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  3. Oiie
    Eu sou louca pra ler esse livro, primeiro porque amei a premissa, segundo porque tem duas autoras que gosto muito: Brittany C. Cherry e a Camila Moreira, amo a escrita delas. Ainda não li nada da A. C. Meyer mas deve ser muito bom também kk Amei a dica, brigada!
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
  4. Oiiii

    A capa desse livro é a coisa mais linda, clean e delicada, me lembra meio que um diário. As autoras que escrevem as histórias são excelentes, talentosas e tenho certeza que mandaram bem. Não sou muito de ler contos ou histórias curtas porque demoro a realmente me sumergir na trama, mas quem sabe futuramente eu me arrisque, esse livro parece ser gostosinho de ler.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Que livro lindo! Me pareceu um livro muito gostoso de ser lido.
    Eu amo contos e principalmente contos de amor.
    Adorei os títulos de cada um dos três contos, mas não gostei muito nem do título do livro, nem da capa.
    Realmente é difícil acreditar que atualmente uma pessoa aos 23 anos poderia estar casada, não é? Hoje em dia as pessoas se casam mais tarde mesmo.
    Gosto de personagens como os que você citou do segundo conto. Enfim, que erram, que falham, que tem problemas e que não têm somente atos valorosos e belos. Gosto de personagens humanos em contos desse gênero.
    Bem como você, também não curto narrações de romances avassaladores e enlouquecidos, mas fico feliz que a autora do terceiro conto, tenha usado de delicadeza em sua narração.
    Adorei a suas fotos! Ficaram muito lindas e de muito bom gosto! Parabéns!
    Grata pela dica!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  6. Gosto muito de livros assim, mais leves e com contos de autores diferentes. Acho que iria curtir a leitura, mas os pontos que você apontou ia me incomodar também.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu amo contos, embora gosto mais qdo são de terror ou quase perto disso.
    Mas achei uma ótima dica pra quebrar ou abrandar um gênero e outro já que este parece ter uma leitura rápida. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Não sou grande fã de contos, pois a maioria dos que já li acabei não conseguindo me envolver, aí criei uma certa resistência.
    Não sei se vou conseguir me apegar aos personagens com este, mas fiquei interessa por serem história mais leves e com uma boa dose de romance.

    ResponderExcluir
  9. Oiê!
    Não conheço nenhuma dessas autoras, mas achei cada uma das narrativas bem cativantes, em especial a segunda, por causa do que você falou sobre a complexidade das personagens.
    Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  10. O livro tem três ponto que me agrada muito: é conto, é leitura rápida e é agradável, ou seja, o livro tem tudo para me conquistar.
    Me identifiquei com o resumo do conto da Camila e por mais absurdo que possa parecer eu já vivenciei uma atração imediata e durou quase dois anos, foi marcante.
    Enfim... gostei bastante da premissa dos contos, da sua apresentação, então anoto a dica e espero um dia desses ter a oportunidade de ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Maria Luiza tudo bem?
    Eu tenho esse livro, mais fui deixando para trás colocando outros na frente, agora você me empolgou a ler, vou tirar ele do fundo e colocar na frente kkkkkk
    Linda resenha me deixou bem animada, obrigado. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Não li nada de nenhuma das autoras ainda, mas este livro parece-me bem interessante para conhecer as escritas delas. O conto que mais fiquei curiosa para ler foi "Além das cores". Ótima resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  13. Eu não conhecia o livro mas confesso que fiquei mega curiosa. Gosto de contos e ainda mais misturado com romances. Mesmo não tendo lido nenhuma dessas autoras, já quero esse livro. Adoreeei a resenha :)

    Beijos,
    Thalita Sousa
    https://capituloquinzee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Faz um tempinho que vejo resenhas desse livro, e a cada uma eu fico querendo ainda mais ler! Acho que deve ser muito lindo, e por tudo o wue você descreveu, me interessei ainda mais! Adorei a dica!

    Um beijo, Pri 😘

    Por Amor aos Livros

    ResponderExcluir
  15. Eu quero muito esse livro. Além de amar contos, a premissa deles me deixou bem curiosa. Gostei bastante de ler a tura resenha e saber um pouco mais sobre o que vou encontrar na leitura.

    ResponderExcluir
  16. Vi que não é só você que não conseguiu se conectar tanto com os personagens e isso é muito essencial, o que mais me chamou atenção foi como os personagens amadurecem e acho a capa linda também. Espero conhecer essa autora.

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Adoro romances dessas autoras, só não conheço da Camila, mas tenho muita vontade de conhecer. Esse livro parece ser muito amor, estou bem curiosa com esses contos, sobre amor, um sentimento universal, ainda mais com rencontros, que são emocionantes e tão lindos de conferir! Gosto muita da escrita fluida da Brithany, seus romances são envolventes demais.. talvez eu leia no próximo ano! Adorei sua opinião e que fotos lindas!

    beijos!

    ResponderExcluir
  18. Contos é um dos meus gêneros favoritos, pois neles a gente consegue perceber o quanto o autor é bom. Já que não é fácil desenvolver um enredo complexo em poucas páginas. Precisa ser muito mesmo.
    Fiquei interessado no livro. Gosto da escrita da Brittainy C. Cherry.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Acho bem interessante quando unem as escritas de alguns autores para criar histórias sobre um determinado tema. Eu ainda não li as obras dessa autoras, mas fiquei curiosa em relação aos enredos haha. Adorei a sua resenha e obrigada pela dica, bjss!

    ResponderExcluir
  20. Olá,

    O maior motivo para eu querer ler esse livro é Brittainy <3 Que autora incrível! Com certeza, virou uma das minhas queridinhas esse ano. Já li livros da A.C e gosto da escrita dela, e também já li da Camila, mas tenho um certo receio com suas histórias. Acho essa capa simples, porém muito bela e me chama bastante a atenção.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Que amor este livro!
    Comprei ano passado mas ainda não tive oportunidade de ler e espero fazer isso em breve!
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Oii. Amei a sua resenha, ela própria passa a delicadeza e amor da história, imagine o próprio livro. A capa é fofa e clarinha, amo capas assim <3 os quotes são lindos também, voce escolheu os melhores para representar. Ah, espero ter a oportunidade de ler esse livro um dia.

    Cupcakeland

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bem? Que resenha bacana. Sempre tive vontade de ler o livro por causa do conto da Brittainy C. Cherry, porém tinha receio pois conhecia as outras duas autoras somente de nome. Depois da sua resenha acho que vou dar uma chance. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir