[Resenha] Olá, adeus e tudo mais

18 de jan de 2018

Autora: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 270
Comprar: Amazon
Skoob
Exemplar recebido de parceria com a editora
Sinopse: “Um romance divertido e emocionante, que explora as escolhas difíceis que surgem quando a vida e o amor conduzem a direções opostas. Ir para a faculdade é um momento emocionante e aterrorizante ao mesmo tempo. Ainda mais se você estiver em um relacionamento em que não tem certeza de seu próximo passo. Clare e Aidan têm apenas uma coisa a fazer na noite antes de partirem para a faculdade: descobrir se devem continuar namorando ou terminar. Ao longo de doze horas, eles irão refazer os passos do relacionamento, na tentativa de descobrir algo no passado que possa ajudá-los a decidir sobre o futuro. A noite os leva a amigos e familiares, marcos simbólicos e lugares inesperados, verdades dolorosas e revelações surpreendentes. Mas, conforme as horas passam e a manhã se aproxima, chega o momento inevitável do adeus. A questão é: será um adeus momentâneo ou para sempre?”

Um dos lançamentos mais aguardados por mim em 2017 era Olá, adeus e tudo mais, da Jennifer E. Smith, publicado no Brasil pela Galera Record. O motivo para isso é que tive contato com a escrita da autora em dois livros, A probabilidade estatística do amor à primeira vista e A geografia de nós dois, e ambos me envolveram e me deixaram com uma sensação gostosa no final. Então, sempre que vejo um livro dessa autora, já imagino imediatamente uma leitura leve, divertida e apaixonante.
Felizmente, Olá, adeus e tudo mais correspondeu às minhas expectativas e até me surpreendeu um pouco. Apesar de ser uma trama um tanto previsível, eu não esperava me apegar à história e aos personagens como aconteceu. Talvez meu coração esteja um pouco mole nesse início de ano, mas eu confesso que fui fisgada por esse livro e cheguei até a me emocionar em alguns momentos.
Trata-se de um romance adolescente que já começa de uma maneira diferente do que estamos habituados. Não temos um casal que irá se apaixonar ao longo da história e passar por muitas adversidades até ficarem juntos. Clare e Aidan, os protagonistas, já estão namorando há dois anos e são completamente apaixonados um pelo outro. O problema é que o Ensino Médio acabou e eles estão prestes a partir em direção às suas respectivas universidades: ela para Dartmouth, na costa leste, e ele para a Universidade da Califórnia, na Costa Oeste. Então, eles têm doze horas para decidir se vão tentar um relacionamento à distância ou se irão terminar naquela noite e preservar as boas memórias do namoro e a amizade.
“Afinal, como se diz adeus a uma parte de você?”

Clare, que prefere agir racionalmente e sempre ter tudo planejado, acredita que eles devem terminar. Afinal, qual a chance de um namoro dos tempos de colégio sobreviver à tamanha distância e às novidades da vida universitária? Já o Aidan confia que eles podem superar a dificuldade e fazer o relacionamento dar certo. Ao longo de doze horas, eles vão reviver etapas de seu namoro, visitando lugares e encontrando amigos que estiveram presentes nesses dois anos, e decidir o que farão em relação ao futuro dos dois.


Logo no início do livro, já fica claro o quanto Clare e Aidan combinam. Poucas vezes eu vi um casal que já se mostra tão cativante já nas primeiras páginas. Isso me surpreendeu muito, pois, como o livro se inicia com eles juntos e prestes a tomar uma grande decisão, não acompanhamos o início do relacionamento e nem temos a oportunidade de vê-los se apaixonando. No entanto, a autora conseguiu demonstrar desde o início o quanto os dois se amavam e tornar a dúvida deles muito real.
“Porque o amor não era algo que você podia declarar e retirar. Era como um feitiço: uma vez que você diz as palavras, elas simplesmente ficam por aí, flutuando e mudando tudo que uma vez fora verdadeiro.”
Esse foi um aspecto que gostei bastante no livro, pois me vi imediatamente envolvida no dilema do casal. Eles são tão cativantes e funcionam tão bem juntos que eu me vi sofrendo por eles só de pensar na possibilidade de terminarem separados no final do livro. Por outro lado, mais do que namorados, dá para ver que eles têm uma relação de amizade e cumplicidade. Então, eu entendi completamente o receio da Clare de insistirem no relacionamento e a distância acabar levando a um término mais traumático, que não preservaria nem esse companheirismo entre os dois.
Outro ponto que achei bem interessante é que, como Clare e Aidan revisitam lugares que foram marcantes durante o seu tempo de namoro, o leitor vai conhecendo aos poucos o passado dos dois e como ficaram juntos. É quase como se conhecêssemos a história de traz para frente, e as lembranças dos dois reforçassem o que já sabemos desde o início: que eles se amam e têm uma relação muito bonita. Isso acaba tornando a leitura ainda mais envolvente, porque à cada página aumenta a torcida para que eles optem por ficar juntos.
“São como duas árvores cujos galhos cresceram juntos. Mesmo que você as arranque pelas raízes, ainda vão estar entrelaçadas e emboladas e quase impossíveis de separar”
Tendo me encantado tanto com o casal é claro que eu amei os personagens, né? O Aidan me conquistou com seu jeito otimista e sua determinação em salvar o relacionamento dos dois. Além disso, ele tem conflitos que vão além da dúvida em relação ao namoro. Ao longo do livro, vamos descobrindo que a escolha da universidade foi mais difícil do que parecia a princípio e que a relação com sua família era bastante complicada.
Já a Clare eu confesso que foi uma personagem que tive mais dificuldade de me identificar. Em alguns momentos, achei seu jeito mais prático irritante e cheguei a achá-la um pouco egoísta. Porém, à medida que fui lendo, percebi que esse comportamento era uma autodefesa. Além disso, é interessante perceber que a jornada que era para ser uma decisão em relação ao namoro dela com o Aidan, acabou servindo como um caminho de autodescoberta e de amadurecimento para os dois.
“... e o que antes parecia ser a noite mais curta de sua vida – marcada por coisas demais para dizer e lugares demais para visitar – agora paira diante de Clare, interminável e cheia de incertezas”

 Mas vocês devem estar se perguntando: esse livro só tem dois personagens? Claro que não. Ao longo da trama, Clare e Aidan vão encontrando pessoas que fazem parte de suas vidas, incluindo os pais de ambos, a irmã mais nova de Aidan e os melhores amigos dos dois, Scotty e Stella. Os dois últimos, em especial, foram personagens que eu gostei muito e que a autora conseguiu desenvolver bem, dando personalidade e complexidade a ambos. 


No entanto, o que eu mais gostei nesse livro foi a forma palpável que a autora retrata essa fase tão complicada para os adolescentes que é a mudança do Ensino Médio para a faculdade. Depois que passamos por isso, muitas vezes nos esquecemos do quanto é assustador esse momento. É a primeira grande escolha que fazemos e, a partir dela, tudo muda. Então, através das expectativas, inseguranças e conflitos de Clare, Aidan, Stella e Scotty, a autora conseguiu retratar de maneira convincente o que muitos adolescentes sentem.
“Às vezes as coisas mais difíceis são as que mais valem a pena.”
Com relação à escrita de Jennifer E. Smith, me surpreendi positivamente com o fato de que ela conseguiu abordar temas interessantes sobre a adolescência e desenvolver bem os personagens em uma trama que se passa em um intervalo de tempo tão curto. Além disso, manteve a fluidez e a leveza característica de seus livros, bem como sua habilidade em construir personagens cativantes, o que tornou a leitura envolvente e apaixonante. Minha única ressalva é que eu desejava um epílogo um pouco mais detalhado, mas foi um desfecho tão coerente que isso não chegou a atrapalhar.
Com relação à edição, eu fiquei completamente encantada desde a capa aos detalhes como a fonte usada no início de cada capítulo. Aliás, preciso ressaltar o mérito da Galera Record em manter a capa original, que é realmente muito linda. Além disso, as páginas amareladas e a fonte com um tamanho adequado facilitam bastante a leitura.
Deste modo, Olá, adeus e tudo mais não é um livro cheio de reviravoltas ou com reflexões profundas sobre a vida, mas traz um retrato sensível e delicado sobre uma fase muito especial da vida. Com personagens cativantes e que com certeza farão o leitor se identificar ou lembrar da sua própria adolescência, é um romance sobre as mudanças da vida e a ternura do primeiro amor. Para quem procura uma leitura leve e apaixonante, este livro não irá decepcionar.

Agora, quero sabe de vocês se já leram ou pretendem ler este livro. Me contem aí nos comentários o que acharam e se conhecem outros livros da autora. E, para quem se interessou pelo livro, não deixem de adquirir pelo link do blog no início do post.  

18 comentários:

  1. Oi, tudo bem? Amo ler romances e este parece ser bem atrativo. Os personagens são bem construídos e cativantes.Despertou minha curiosidade em saber mais sobre o casal. Obrigada pela dica. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Malu, menina te contar que eu tive uma expectativa enorme com A probabilidade estatística do amor à primeira vista e odiei o livro :(
    Nem peguei outra coisa da autora para ler.
    Sabendo que Olá Adeus e tudo mais é bem previsível, nem perdi tempo de ler.
    A única coisa que acho que pode salvar a leitura é a leveza da narrativa da autora que concordo é boa ♥ E claro personagens bem escritos.

    ResponderExcluir
  3. Amo APEDA, li esse livro em algumas horas e quando acabou fiquei com cara boba de sonhadora,hahahaha. Esse eu não tinha conhecimento, só sabia do Geografia, que quero muito ler. Quanto a esse amei a ideia da decisão e tal, e de conhecermos e participarmos de todos os dilemas, só fiquei meio assim sobre essa coisa de voltarem nos lugares, ou no tempo, sou meio chata pra essa coisa de flashbackpor mais que eles vão no local e não só lembram), acho que isso iria me incomodar um pouco, mas quem sabe mais pra frente.

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Eu conheço esse livro apenas de vista, apenas a capa. Gostei da sua resenha, ficou bem escrita e organizada. A edição é linda, ficou muito bonita, a Galera caprichou. Gosto de leituras leves, são boas em momentos que queremos sair da ressaca literária. Vou indicar para a minha namorada!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    O único livro que li da autora foi A Geografia de Nós dois e gostei bastante, acho legal como essa autora consegue conversar bem com os adolescentes e passar mensagens bacanas igual nesse sobre a mudança de escola, ensino médio, coisas que podem ser apavorantes pra alguns.
    Se um dia tiver a oportunidade quero muito lê-lo

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei bastante da escrita da autora e por isso também estou de olho nesse romance, quero ver se consigo ler em breve, parece uma leitura muito gostosa.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  7. Oi Malu!

    Tudo bem? Então, eu não estou lendo romances YA porque, em regra, simplesmente não consigo mais sentir empatia pelos dramas adolescentes mais. Eles sempre me parecem meio raros e um tanto bobos. Claro, tem exceções, mas são muito poucos e eles tratam de questões diferentes que não um romance.

    Embora você tenha gostado e elogiado bastante o livro, eu infelizmente vou passar porque simplesmente esse tipo de enredo não me enche mais os olhos faz algum tempo e toda vez que tento voltar a ler fico mais irritada com os protagonistas do que qualquer outra coisa.

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho a geografia de nós dois, ganhei de aniversário a quase 1 ano. Mas ainda não consegui ler acredita. Mas fico feliz que esse tenha lhe encantado assim como os outros. Eu amei essa capa achei linda.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Olá Malu,
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas fiquei bem interessada em ler, pois já li outros livros da autora.
    Gostei muito da sua resenha e fiquei muito conte te por a mocinha ter sido mais pé no chão, sabe? Acho que está faltando muito disso nos personagens.
    Eu pretendo ler o livro sem dúvidas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Eu já tinha visto esse livro em uma postagem sobre lançamentos e fiquei curiosa e a sua resenha e a primeira que leio e confesso que minha.vontade de ler aumentou.
    Ainda bem que os.personagens de alguma forma lhe cativaram.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oiii Malu deve ser uma leitura extremamente envolvente e até mesmo triste diante dos momentos que o personagem irá enfrentar, percebo que de cara irei me emocionar bastante! Achei linda essa edição, é de encher os olhos de amor.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá, Malu, tudo bem? Amei sua resenha, muito redondinha, bem explicada e quantos detalhes incríeis que me deixaram querendo ler demais o livro, não conhecia a obra apesar de ser fã louca da Editora, ja to aqui finalizando minha compra! <3 beijos até a próxima e amei a dica!

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Estou curiosa para ler esse livro, muito tenho visto sobre não ser tão bem desenvolvido assim, mas através da sua resenha a história parece ter te deixando bem contente com os assuntos abordados, então pretendo sim dar uma chance.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  14. Oii
    Eu já li um livro dessa autora e gstei muito, então imagino que essa leitura deva ser boa. Contudo estou fugindo de livros com adolescentes passando pela transição do Ensino Médio para a faculdade. Algo nessa fase retratada nos livros me cansou.
    Bjus

    ResponderExcluir
  15. Oie
    é muito bom saber que a autora consegue mais uma vez tratar sobre temas adolescentes importantes, li os outros dois dela e gostei bastante, esse me chamou muito a atenção e quero desde já, adorei o enredo e sua resenha, espero que valha a pena ler

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Não conhecia a obra e achei linda a capa. Gosto desses temas adolescentes com essa pegada de redescobertas e decisões. Uma boa trama.
    Ficarei de olho nele, valeu pela dica.
    Nizete
    Cia doLeitor

    ResponderExcluir
  17. Oi Malu!
    Eu li apenas um livro dessa autora e desde então quero ler outros dela, esse com certeza está na minha lista e depois de sua resenha fiquei ainda mais curiosa! Preciso dele pra ontem <3

    Ahhh que fotos lindas!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?
    Eu fico com bastante vontade de ler algo da autora, ainda mais quando leio resenhas assim.
    Ela tem outro livro que quero muito também! Fiquei com muita curiosidade sobre Olá, adeus e tudo mais, espero poder ler em breve.
    Beijos <3

    ResponderExcluir