[Resenha] Algo maravilhoso

21 de jul. de 2019


Olá, pessoal! Quem aí já detestou um livro, mas decidiu dar uma segunda chance para o autor ou autora assim mesmo? Eu passei por isso recentemente com a Judith MacNaught. Quem leu minha resenha sobre Agora e Sempre postada aqui, sabe que diversas coisas me incomodaram (e muito) naquele livro. Porém, mesmo assim resolvi dar uma chance e ler o segundo volume da trilogia, Algo maravilhoso.
Apesar de se tratar de uma trilogia, esse segundo livro não tem relação com o primeiro e pode ser lido de maneira independente. Esse foi o fator que mais me motivou a ler Algo maravilhoso, pois me ajudou a encarar como uma nova história e uma nova tentativa com a escrita da autora.

Será que valeu a pena fazer uma nova tentativa? Será que desta vez eu gostei da história escrita por Judith MacNaught? É isso que vou contar para vocês na resenha.

Autora: Judith MacNaught
Editora: Bertrand Brasil
Tradução: Carolina Simmer
Páginas: 406
Exemplar recebido de parceria com a editora
Onde comprar: Amazon
Sinopse: “Alex sabe que é diferente das outras garotas. Após a morte do pai, viu a situação financeira da família caminhar perigosamente rumo ao abismo, e coube a ela se tornar “o homem da casa”. Apesar das dificuldades, Alex ainda crê que alguma coisa extraordinária possa acontecer. No entanto, salvar a vida do belo Jordan Townsende, duque de Hawthorne e um famoso libertino, não estava em seus planos, assim como casar com a jovem que o livrara de uma bala no peito não estava nos de Jordan. O duque tem uma dívida com a srta. Lawrence... E ele nunca deixa de quitar seus débitos. Estabelecê-la em uma de suas propriedades, no interior, e, então, retornar a Londres e à cama de suas amantes parece ser o arranjo perfeito. Sua rotina não precisa ser abalada. Exceto que o espírito livre de Alex cativa Jordan, profunda e rapidamente. Um pouco tarde demais, o duque percebe que seu coração de pedra não é tão duro quanto imaginou, e sua esposa pode ser.”

Em Algo maravilhoso, a jovem Alexandra vivia feliz na propriedade do avô e sempre se empolgava com as visitas do pai, por menos frequentes que elas fosse. Era uma menina esperta, culta e muito inocente. Porém, quando o pai e o avô morrem, ela se vê com a responsabilidade de evitar que sua família vá para a ruína. Mas, mesmo assim, ela ainda sente que algo maravilhoso pode acontecer. E quando salva a vida de Jordan, o duque Hawthorne, essa sensação fica ainda mais forte.
Jordan não tinha nenhuma intenção de se casar, porém, tinha uma dívida com a Alex e, ciente da situação da família dela, decide se casar e mantê-la em uma de suas propriedades do campo. Afinal, ele precisaria se casar algum dia e por que não fazer isso com a jovem que salvou a sua vida e a quem poderia ajudar muito. Depois do casamento e de deixar a esposa em uma de suas propriedades, ele poderia voltar para Londres e suas amantes. O que ele não contava é que seria tão difícil deixa-la para trás.




Ah, vocês não fazem ideia do quanto fiquei feliz por ter lido esse livro. A leitura se mostrou envolvente desde a primeira página e os personagens não poderiam ser mais cativantes, especialmente a protagonista Alexandra. Ela possui uma ingenuidade e uma bondade cativantes. Em muitos sentidos, me lembrou a Pollyannna do clássico de Eleanor H. Porter. Mas o que a tornou ainda mais interessante é que vemos essa personagem evoluir ao longo do livro. Ela muito jovem e ingênua no início, mas se torna mais madura e determinada, sem se deixar enganar ou se submeter ao marido.
Aliás, esse para mim foi o ponto que senti mais diferença em relação ao primeiro livro. Enquanto no primeiro vi uma personagem forte que teve sua personalidade sufocada pelo “mocinho”, com Alexandra acontece o oposto. Ela se fortalece ao longo da trama, se tornando mais ciente dos seus direitos e do que realmente quer para sua vida. E, principalmente, ela não aceita levar a culpa pelas ações do marido.

Outro aspecto que eu amei foi o mocinho, Jordan. Tenho um novo crush! Ele tem seus defeitos, mas também é justo e cativante, sendo fácil perceber que o coração dele não é tão duro quanto parece. Não que Jordan não cometa erros ao longo do livro (nada grave como no primeiro livro), mas foi bom ver ele aprendendo com cada um deles e realmente se transformando. É um personagem cheio de camadas e que à medida em que vamos conhecendo melhor, é impossível não se encantar.



Com relação ao romance, gostei muito da forma como foi construído. Tudo acontece de maneira natural, com o relacionamento se transformando aos poucos e de maneira convincente. Foi um desenvolvimento que me permitiu realmente torcer pelo casal. Além disso, os obstáculos que eles enfrentaram foram convincentes e me deixaram realmente apreensiva.
E não pense que esse livro conta apenas com os protagonistas. Os personagens secundários também são carismáticos e me cativaram. Em especial, amei a avó do Jordan e o Tony, primo dele. Os dois foram ganhando espaço ao longo da trama e conquistaram meu coração. Inclusive, acho que o Tony merecia um livro só para ele.
As únicas ressalvas que tive com esse livro foram no começo e no final. Achei o início bastante confuso em relação a ordem cronológica dos acontecimentos. Alguns acontecimentos pareciam estar acontecendo na mesma época, mas tinham anos de diferença entre eles e isso me deixou confusa no começo. Além disso, eu preferia que o final tivesse sido um pouco mais aprofundado. Não que eu não tenha gostado de como o livro se encerrou, mas achei um tanto apressado e queria ter desfrutado um pouco mais.
No entanto, isso não tira os méritos do livro. Algo maravilhoso é um livro delicado, romântico e envolvente. Foi uma das leituras mais leves e cativantes que fiz esse ano e não poderia ter ficado mais feliz por decidir ler esse livro. Terminei com uma sensação gostosa no coração de alegria e encantamento. Foi realmente algo maravilhoso!

24 comentários:

  1. Olá, Malu!

    Isso já aconteceu comigo, mas de forma contrária. Li um livro ótimo da Julia Quinn e, quando fui tentar conhecer mais obras dela, acabei me decepcionando um pouco. No final, acabei dando um tempo em romances de época rsrs. Fico feliz que tenha tido uma experiência boa, a sensação é ótima. E ah, eu também adoro quando os personagens amadurecem no decorrer da história, costumo ficar ainda mais envolvida à trama.

    Beijos
    Cantinho da Escrita

    ResponderExcluir
  2. Oi Malu!

    Tudo bom?

    Olha, eu tenho alguns autores aqui que já tentei ler uma segunda obra e não fui feliz. Dessa maneira, estou muito contente que essa segunda experiência tenha sido diferente e construtiva. COnheço a autora, mas não recordo de ter lido nada dela. Obrigada pela dica. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem Malu?
    As fotos ficaram lindas e parabéns por isso. Eu particularmente também gostei da sua resenha e tenho visto diversas resenhas sobre esse livro tanto no blogger como no instagram. Gostei da sua sinceridade e fico contente que gostou da leitura.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Que bom que esta segunda chance não tenha te decepcionado. Eu particularmente não sou muito fan de romance de época, por isso sempre tenho receio de ler esse títulos por mais que me despertem interesse como aconteceu com essa história. Primeiro porque o romance se desenvolve aos poucos, algo que eu adoro, e também pelo fato dos personagens serem cativantes e nos fisgam com suas personalidades. Porém suas ressalvas me deixaram com um pé atrás com medo disso me incomodar bastante no decorrer da trama.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Estou vendo os leitores falando bastante (e bem!) desses livros ultimamente, então estou bem curiosa para lê-los. Adorei tua resenha e fiquei feliz por saber que é uma leitura encantadora, espero gostar também.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  6. Tenho esse livro e "algo maravilhoso" também. Saber que posso ler fora da ordem é perfeito! Sempre enrolo pela leitura com receio de não gostar, mas depois de sua resenha, parece ótimo (apesar das ressalvas). Gostei e pretendo colocar na tbr do mês que vem :D

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  7. Olha, se depender de mim mesmo eu não leio esse tipo de livro porque não vai. Eu não consigo. Já tentei com um monte de autoras e nenhuma eu engreno na leitura. Minha amiga adora, vou mostrar o post pra ela!!

    ResponderExcluir
  8. Oi, que bom saber que esse seu segundo contato com a autora foi melhor do que no livro anterior. Achei interessante termos essa mocinha com um "quê" de Pollianna. Se eu for ler algo da autora, vou começar por esse livro.

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    É tão ruim quando esperamos tanto por um final e o autor acaba terminando o livro as pressas.
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro da autora, apesar de ter grande curiosidade por conta de sua fama.
    Me parece ser uma história leve, sem grandes pretensões. Fico feliz que esse segundo contato com a autora tenha sido uma experiência melhor.

    ResponderExcluir
  10. ja fiz muito isso de detestar um livro edepois pensar: "ah não tadinho, vou tentar de novo"
    nao conheço esse livro, nem a autora, mas parece ser uma história bem interessante

    ResponderExcluir
  11. Oi Malu, como está?
    Eu também passei por essa situação de não gostar de um livro e depois retomar, no caso, foi "O Historiador", da Elizabeth Kostova, que eu precisei recomeçar uma terceira vez para engatar a leitura, que no final das contas acabou sendo uma das melhores que fiz até hoje. Para ficar melhor ainda, tenho outros cinco nessa situação, --".
    Adorei a resenha, mostrou bem o quão interessante o livro parece ser. A dica foi anotada, ainda mais porque falam muito bem dessa autora embora RDE não seja meu gênero mais frequente.
    Abraços e beijos, Lady Trotsky...
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oiii Malu

    A capa desse livro é linda demais, um capricho só. Gostei desse desenvolvimentod a protagonista, o fatod e pouco a pouco ela conhecer seus diretios, saber alçar sua voz dentro da realidade da época, e o mocinho também parece ser interessante. Uma pena esse inicio confuco, isso às vezes med ecepciona tanto numa leitura que tenho dificuldades em seguir gostando do livro e esse final que faltou mais também é uma falha que deixa o leitor meio chateado né, espero que o próximo da trilogia te encante. Legal saber que apesar de ser trilogia as histórias podem ser lidas em separado.

    Beijos, Alice

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem? Diferentemente de você, ainda não tive decepções com a autora pois entendo o contexto de época que aconteceu Agora e Sempre e algumas atitudes tomadas, por isso Algo Maravilhoso veio já com um hype pessoal, e não foi nenhuma novidade vê-lo sendo atingido. Adorei demais a história, apesar de encontrar furos nas personalidades dos personagens que dessa vez não foi 100% do jeito que queria, no entanto que curti demais. Ótima resenha!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Estou apaixonada por essas fotos e achei essa capa linda.
    Nunca li nada dessa autora, tenho curiosidade pq sempre vejo as pessoas elogiando a sua escrita. Mesmo não curtindo tanto este gênero e com a suas ressalvas, admito que fiquei curiosa para saber do desfecho =)

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  15. Achei a capa dos dois bastante parecida, mas ainda bem que este te deixou mais feliz, pois é muito ruim ler uma trilogia e não gostar dela. A gente vai perdendo as esperanças na autora depois.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Ainda não li a sua resenha do livro anterior, mas logo irei ler e ver os pontos que te incomodaram. É uma pena quando um livro não nos desaponta..
    Fico feliz que você tenha se surpreendido com esse, e que tenha sido uma leitura agradável. Isso mostra que temos que dar mais de uma chance aos autores, as vezes um livro não é tão agradável mas tem outros incríveis. Ainda não li nada da autora, mas alguns livros dela me despertam curiosidade..
    Adorei conhecer sua opinião, beijos 😍

    ResponderExcluir
  17. Oi Maluzinha, é muito bom quando um autor se supera e consegue fazer com que voltemos a acreditar nas suas obras, né? Tô com esse livro aqui para resenhar e to quase terminando a leitura, tem sido uma experiencia muito gostosinha e tô amando demais essa leitura.

    ResponderExcluir
  18. Mesmo com as observações negativas que nos apontou, a obra me chamou muito a atenção e parece seu enredo mostra ser bem emocionante e intenso. Para os fãs de romance é uma boa indicação.

    ResponderExcluir
  19. Olá Malu,
    esse livro está sendo muito bem falado em todos os grupos que participo, além disso, sua resenha não deixa dúvidas de que esta é uma boa história. Estou com meu exemplar aqui e pretendo lê-lo logo, até já dei uma folheada e gostei bastante do que li até o momento. Estou bem no inicio, mas já percebi que realmente Jordan não é apenas esse lorde descarado que aparenta. Estou ansiosa para ter uma impressão completa sobre o enredo e seus personagens.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  20. Olá Malu!!!
    Que bom que a segunda chance deu certo e que você tirou a má impressão acerca da escrita da autora e que ela conquistou você nesse livro.
    Eu ainda tenho que ler obra da mesma, mas venho adiando um pouco por conta de outras leituras também.
    O bom da Trilogia não ter conexão com a anterior é que você não verá os personagens que não lhe cativaram e os mesmos não terão influência na vida desses novos.
    Adorei a resenha!!!

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Eu tenho uma coisa que mesmo que não esteja gostando do livro ou filme, eu continuo lendo porque tenho esperanã que vai melhorar, sabe? Eu gostei muito da sua resenha. A historia é intensa e a protagonista parece nos conquistar de cara.

    ResponderExcluir
  22. Olá, tudo bem? Ah eu estou apaixonada por essa capa, fiquei encantada com a premissa quando li sobre o lançamento, mesmo esse sendo um gênero que não leio com tanta frequência.
    Adorei o post, um beijo.

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Eu sou realmente suspeita com esse tipo de livro, porque são os meus favoritos. Mas a cada parágrafo da sua resenha eu fiquei com mais vontade de começara história imediatamente! Nem preciso dizer que já anotei a dica aqui, né? Adorei!

    ResponderExcluir
  24. Eu estou com receio para ler os livros da autora, tenho visto muitas opiniões negativas. Gostei de ver a sua sinceridade ao falar sobre a sua impressão com a leitura!

    ResponderExcluir